Games e Consoles

Atari VCS

Responsável pelo Atari VCS se demite, dizendo que não recebe há meses

Rafael Rigues 09/10/2019 10h47
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Engenheiro alega que empresa está manipulando a imprensa para levantar dinheiro, e que só recebeu o primeiro protótipo da placa-mãe do console no mês passado

Parece que o futuro do Atari VCS, novo console da empresa que deveria ser lançado em março de 2020, está em risco. O engenheiro responsável pelo projeto, Rob Wyatt, se demitiu de forma bem pública do projeto. Em declaração ao site The Register ele afirma que a Atari não faz pagamentos à sua empresa, a Tin Giant, há mais de seis meses.


Segundo o site a Atari vem usando a imprensa e a nostalgia do público pela marca para impulsionar campanhas de crowdfunding, sem sequer ter protótipos do hardware prontos.

Após furar uma data de lançamento em Dezembro de 2017, a empresa prometeu mostrar em Março de 2018 protótipos do aparelho na Games Developer Conference em San Francisco, nos EUA, mas mostrou apenas caixas vazias e um modelo não funcional. Ainda assim, lançou uma campanha de financiamento no site Indiegogo com uma meta de US$ 100.000 e arrecadou mais de US$ 3 milhões.

Neste ano a Atari repetiu a tática: aproveitou a E3, maior feira do setor de entretenimento eletrônico, para anunciar que seu console estaria em ‘pré-venda’ na GameStop, Walmart e em seu site, a partir de US$ 250 pelo modelo com 4 GB de RAM. Uma estimava do The Register aponta que apenas 15.000 consoles teriam sido vendidos na pré-venda. Isso representa pouco mais de um dia de vendas do PlayStation 4, em média, durante o ano de 2018 (estimadas em 14 mil unidades).

Entretanto, segundo Wyatt, o primeiro protótipo da placa mãe do console só foi entregue a ele no mês passado (setembro), o que torna um lançamento daqui a 5 meses altamente improvável. De acordo com desenvolvedores familiares com o projeto, o console é nada mais que um PC numa caixa atraente, sem uma estratégia coerente de sistema operacional ou distribuição de jogos. Não seria muito diferente de instalar o Steam em um PC genérico e jogar com um controle qualquer.

Para piorar, a Atari teria se recusado a pagar para os desenvolvedores adaptarem seus jogos para o seu console. Tal prática é comum na indústria, e serve como uma forma dos desenvolvedores se protegerem contra o risco de investir em uma plataforma desconhecida e sem base instalada.

Em resposta ao artigo, a assessoria de imprensa da Atari informou que o site ‘possui informação que está incorreta e/ou ultrapassada’, e que ‘alguns aspectos do projeto Atari VCS foram vazados a vocês em violação de acordos de confidencialidade existentes, e a Atari reserva seus direitos a esse respeito’.

Fonte: The Register

Videogame Console videogames atari
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você