Vale a pena investir em um monitor 4K?

Quando você se dá contá, já faz alguns minutos que você está parado olhando a TV com tela de mais de 60 polegadas exposta na frente da loja. Por conta da resolução 4K, cada detalhe das imagens parece brilhar com uma cor e vivacidade impressionantes - e hipnotizantes. E então você se pergunta se não valeria a pena ter uma tela dessas no seu computador.

Essa pergunta é mais pessoal do que parece a princípio. Como é o caso com muitas tecnologias, o valor dela dependerá do tipo de uso que você fará delas. Em alguns casos, ter um monitor com resolução 4K pode realmente ser um investimento, na medida que ele melhorará sua produtividade. Em outros, no entanto, pode acabar sendo um desperdício de dinheiro. Saiba por quê:

Maior resolução não significa, necessariamente, imagem melhor

Um ponto é inquestionável: as imagens em 4K têm definição muito melhor que as imagens em Full HD. Quatro vezes melhor, para ser mais preciso. Enquanto uma tela Full HD tem 1920 colunas e 1080 linhas horizontais de píxels, as telas 4K têm o dobro dessas medidas: são 3840 por 2160 pixels, totalizando quatro vezes mais pontos luminosos na tela a cada imagem. Mas definição maior não significa, necessariamente, imagem melhor.

Reprodução

Definição e tamanho

Se você comparar um vídeo em Full HD com um vídeo em 4K numa tela de mesma marca e tamanho, você sem dúvida perceberá mais detalhes no vídeo de resolução 4K. O salto de qualidade, aliás, é da mesma magnitude que o salto de qualidade que existe entre um vídeo 240p e um vídeo 480p no Youtube.

Perceba, no entanto, que a comparação deve acontecer entre telas de mesmo tamanho e marca. Isso porque esses dois fatores também impactam a qualidade da imagem. Se você comparar uma imagem 4K numa tela gigantesca com uma em Full HD numa tela minúscula, pode ser que você ache a imagem da tela pequena mais bonita.

Isso porque a densidade de pixels é maior na tela menor, o que provoca o efeito visual de uma definição maior. É por esse motivo, por exemplo, que ter uma tela com resolução 4K em um smartphone possa não fazer tanto sentido assim. Assim, um monitor grande com resolução 4K até faz sentido; para um monitor pequeno, essa resolução pode ser um pouco excessiva.

Outros fatores

Vale notar também que, além do tamanho, a marca na comparação anterior também teria que ser a mesma. Isso porque a resolução está longe de ser o único fator que afeta a qualidade da imagem. Há muitas outras configurações, como brilho, contraste e dinâmica de cores que podem mudar o quanto uma imagem é capaz de lhe afetar esteticamente.

Por exemplo, um dos fatores dos quais se fala muito atualmente é o HDR, ou High Dynamic Range (alto alcance dinâmico). Os monitores que têm esse recurso são capazes de fazer cada pixel assumir uma faixa maior de calores de luminosidade. Eles podem ir desde um preto muito escuro até um branco extremamente claro. Nesse caso, a TV pode até ter menos pixels, mas cada pixel é "melhor", por assim dizer.

Graças a esses pixels "melhores", portanto, os monitores com HDR conseguem mostrar um contraste muito mais profundo do que a esse recurso. Dependendo do caso, um filme pode ficar mais bonito em uma TV Full HD com HDR do que em uma TV 4K sem esse recurso. Então vale a pena pesquisar esses outros fatores também para ver se é exatamente a resolução 4K (e não outro recurso) que você procura.

Pode ser que você não tenha o que fazer com 4K

Não basta que o monitor seja compatível com a resolução 4K para que tudo que passe nele fique automaticamente mais bonito. É necessário também que você tenha acesso a filmes, imagens ou jogos compatíveis com essa resolução. E isso ainda é relativamente raro.

Filmes e séries

A Netflix, por exemplo, disponibiliza a resolução 4K apenas para os assinantes de seu plano mais caro. Assim, se você não está disposto a mudar para esse plano, nem adianta trocar de monitor por causa da Netflix. E como cada quadro dos filmes e séries da Netflix em 4K tem quatro vezes mais píxels que na resolução Full HD, isso também exigirá muito mais da sua internet.

Por isso, se a sua conexão doméstica não for muito boa, você também não conseguirá aproveitar a resolução maior. Isso vale, em parte, para filmes baixados de outros sites também: mesmo comprimidos, eles ainda terão um tamanho bem maior que os filmes em Full HD.

Games

Seu computador também precisará processar quatro vezes mais pixels na tela a cada quadro desses filmes. Isso significa que seu processador e sua RAM precisam estar à altura da tarefa. Se o seu PC já trava com filmes em 720p a 60 quadros por segundo no Youtube, talvez seja necessário melhorá-lo antes de pensar em melhorar seu monitor. 

Isso vale para games também. Se você pretende jogá-los em resolução 4K a uma taxa de quadros aceitável, precisará de uma placa de vídeo top de linha como a Nvidia GTX 1080 ou a AMD R9 Fury X. Placas mais fracas podem acabar não entregando um desempenho adequado e pondo a perder o seu investimento no monitor.

Novamente, é preciso lembrar que maior resolução não significa, necessariamente, imagem melhor. Para games, pode ser mais interessante investir numa placa de vídeo melhor para seu PC do que num monitor 4K. A placa de vídeo mais poderosa permitirá que você jogue seus jogos com configurações melhores, o que pode gerar uma imagem mais bonita do que uma resolução maior com configurações piores.

Mas pode ser que você se torne mais produtivo

Por outro lado, para fins de produtividade, um monitor 4K pode ser bem interessante. Isso porque como ele tem uma resolução monstruosa, ele consegue exibir muitas coisas na tela ao mesmo tempo sem perder detalhe. Por exemplo: você pode ter três vídeos em Fullh HD rodando no seu monitor ao mesmo tempo e ainda contar com um quarto da tela para trabalhar.

É fácil perceber que, para uma pessoa que trabalha com edição de vídeos, essa possibilidade é extremamente interessante. Alguns monitores, como o LED 4K de 28 polegadas da Samsung, também têm um recurso chamado "Picture-By-Picture" que permite visualizar dois dispositivos diferentes da neta ao mesmo tempo.

Por exemplo, você pode deixar a tela do seu notebook Full HD ocupando um quarto da tela do seu monitor 4K, enquanto o resto fica para os apps e programas do seu computador. Há até mesmo um monitor 4K da Dell que permite que você o utilize como quatro monitores Full HD ao mesmo tempo em vez de um só monitor 4K.

Com isso, você conseguiria ter acesso a uma quantidade imensa de informações ao mesmo tempo na tela. Em vez de ficar alternando entre várias janelas e abas diferentes e ter que ficar apertando Alt+Tab toda hora, basta deixar tudo aberto ao mesmo tempo em cantos diferentes. É claro, porém, que você precisará de um computador suficientemente poderoso para lidar com toda essa informação ao mesmo tempo.

Então, vale ou não vale a pena?

Como foi dito acima, depende do uso que você fará dele. Se você pretende comprar um monitor 4K para games, garanta que o seu computador tem uma placa de vídeo forte o suficiente. se você pretende usá-lo para fins de trabalho, tome o cuidado de verificar se o seu computador aguenta o tranco. Se você pretende usá-lo para ver filmes e séries da Netflix, avalie se a sua conexão à internet é suficientemente robusta e se você tem o plano que dá acesso a essa resolução.

Se você quer um monitor 4K mas não tem esses requisitos, pense se vale a pena investir, além do preço do monitor (que não é pequeno), o valor adicional para atingir esses requisitos. Mudar de plano da Netflix pode não ser tão caro assim, mas uma placa de vídeo capaz de rodar games em 4K numa taxa de quaadros decente pode ser mais caro até mesmo que o monitor.

Finalmente, se você quer um monitor 4K apenas pelas imagens bonitas, não vale a pena. Há maneiras mais acessíveis e simples de melhorar as imagens do seu computador, que vão desde um monitor mais novo (mas não necessariamente 4K) até simplesmente ajustar as configurações da tela. Usar um monitor 4K não é apenas uma questão do monitor; trata-se de um "iceberg" de investimentos dos quais o monitor é apenas a ponta. Pense nisso antes de comprar um. 

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ