Tim Cook critica medida de Trump que ignora as mudanças climáticas

A polêmica decisão do presidente Donald Trump de retirar os Estados Unidos do Acordo de Paris sobre políticas a respeito de mudanças climáticas fez até mesmo com que o principal nome da Apple criticasse a medida. Em um e-mail enviado para os funcionários da companhia, Tim Cook lamentou a saída.

“Eu sei que muitos de vocês compartilham da minha decepção pela decisão da Casa Branca de retirar os Estados Unidos do Acordo de Paris. (...) As mudanças climáticas são reais e eu quero que todos saibam que temos responsabilidade de lutar contra elas”, escreveu em e-mail obtido pelo MacRumors.

O executivo revelou que tentou impedir que o presidente norte-americano tomasse a decisão através de uma ligação telefônica realizada na terça-feira, dois dias antes do anúncio oficial. Cook também se manifestou pelas redes sociais. Conforme publicado em sua conta no Twitter, a decisão foi “errada com o planeta”.  

Além de Tim Cook, outros nomes importantes da indústria também desaprovaram a ordem presidencial. Mark Zuckerberg, do Facebook, declarou que a medida “coloca o futuro de nossos filhos em risco”, enquanto que os CEOs do Google e da Tesla, Sundai Pichai e Elon Musk, se disseram desapontados.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ