Índia proíbe mais de 100 aplicativos chineses no país

Após banir 59 apps da China no fim de junho, tais como o TikTok e WeChat, agora outros 47 apps serão banidos do país por facilitarem o acesso a serviços anteriormente proibidos

Fabiana Rolfini 27/07/2020 09h20
Aplicativos
A A A

A Índia já bloqueou 106 aplicativos desenvolvidos por empresas chinesas, alegando que eles representam uma ameaça à segurança do país. Depois de proibir 59 apps chineses no fim de junho, tais como o TikTok e WeChat, agora outros 47 apps serão banidos do país, incluindo o Cam Scanner Advance e versões lite personalizadas do Helo e ShareIt.


A nova ordem emitida na última sexta-feira (24) pelo Ministério da Eletrônica e Tecnologia da Informação indiano é voltada aos aplicativos que facilitavam o acesso a serviços anteriormente proibidos. 

A capital Nova Délhi analisa outros 275 aplicativos - desenvolvidos principalmente por empresas chinesas - incluindo o serviço de streaming de música Resso da ByteDance, o Ali Express e o jogo para celular PUBG - embora não tenha chegado a uma decisão ainda. A lista completa de aplicativos banidos do país deve ser divulgada nesta segunda-feira (27).

Reprodução

Foto: WeChat e TikTok já haviam sido banidos do país em junho. Foto: Reprodução

Nesta história, os maiores beneficiário foram o Facebook e o Instagram. Segundo a empresa de pesquisa Kantar, ambas as redes sociais testemunharam um aumento de 30% no envolvimento de usuários no país nas últimas semanas.

Índia x China

O sentimento anti-China entre os indianos vem crescendo nos últimos meses e aumentou ainda mais quando mais de 20 soldados indianos foram mortos em um confronto militar no Himalaia no mês passado. 

Em maio, as desavenças entre os dois países motivou o lançamento do app indiano "Remove China Apps", que prometia analisar o smartphone do usuário para ajudá-lo a encontrar e desinstalar quaisquer apps de origem chinesa. No entanto, poucas semanas depois, o Google removeu o app da Play Store por ele violar políticas que proíbem os desenvolvedores de incentivar os usuários a remover ou desabilitar apps de terceiros.

Mesmo com poucas semanas de disponibilidade, o aplicativo conseguiu se popularizar na Índia, chegando a 5 milhões de downloads.

 

Via: TechCrunch



Aplicativos China AppStore Índia proibição
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você