Amor de Zuckerberg por Roma quase fez Facebook não existir

Durante esta semana, Mark Zuckerberg está visitando a Itália, um país que, segundo ele, é um de seus favoritos. Em uma sessão de perguntas e respostas realizada nesta segunda-feira, 29, o CEO do Facebook afirmou que é apaixonado pela história e pela cultura romana.

O amor é tanto que ele até cogitou estudar o tema academicamente. "Eu amo Roma. Estudei história e cultura latina e romana. Eu amei tanto que quando eu estava indo para a faculdade, eu realmente pensei que ia se formar em 'Classics', uma especialização em literatura, língua e história cultural de civilizações antigas", explicou o CEO. Mas eu não fiz. Eu acabei optando pela especialização em ciência da computação e psicologia. Mas eu não fiz isso por muito tempo na faculdade de qualquer maneira", afirmou.

"Eu amo tanto Roma que, quando minha esposa e eu nos casamos, viemos a Roma na nossa lua de meu. Eu fiz a gente ir a todos os locais históricos e clássicos. Tanto que, quando voltamos e estávamos olhando as fotos, minha esposa tirou sarro de mim, dizendo que ela pensou que havia três pessoas na lua de mel: eu, ela e Augustus. Todas as fotos eram diferentes esculturas de Augustus, o imperador", brinca Zuckerberg.

Via BusinessInsider

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ