App Store

Análise da App Store indica que usuário preferem aplicativos antigos a novos

Clara Guimarães, editado por Lucas Carvalho 10/04/2019 09h30
Compartilhe com seus seguidores
A A A

O TOP30 semanal da App Store está dominado por aplicativos com mais de 5 anos de idade, aponta análise

Uma análise sobre o consumo de aplicativos mostra que, atualmente, preferimos continuar baixando apps antigos à se aventurar em novidades. De acordo com estatísticas calculadas por Eric Feng, co-fundadore e atual CTO  da Hulu (serviço de streaming de vídeos concorrente do Netflix), para se manter entre os trinta primeiros, o software precisa ter alcançando 230 mil downloads semanais, quase a mesma coisa de 2014. Porém, a idade média dos TOP30 aumentou muito nesse período, passando de uma média de cerca de 2 anos para mais de 5 anos. 


Essa mudança prova que os mesmos aplicativos que existiam há 5 anos, continuam tendo uma taxa constante de downloads, abrindo pouco espaço para novidades alcançarem o topo do ranking.

"Assim, enquanto os usuários coletivamente baixam o mesmo número de aplicativos populares Top 30, eles estão optando por baixar apps estabelecidos e maduros (que já existem há mais de 5 anos), deixando de lado programas mais recentes (que têm menos de dois anos) ), em um comportamento semelhante ao de 2014. O antigo ainda é popular", explicou Feng.

O CTO também comentou que a mesma conclusão vale para os aplicativos Android na Google Play, na qual a média de idade de um app no TOP30 semanal cresceu de 18 meses em 2014 para quase quatro anos em 2019. 

Contudo, ainda existe uma exceção nessas estatísticas. Segundo a mesma análise, 85% dos jogos entre os 30 primeiros existem há menos de 2 anos. A razão é atribuída à característica da maioria dos games de entreter por um tempo limitado. 

No geral, parece que Elon Musk, CEO da Tesla, estava correto desde o início. Apesar de ter feito um comentário sobre a internet no geral, ele parece ser condizente com a situação atual dos aplicativos também. "Eu acho que a maioria das coisas importantes na Internet foi construída. Haverá inovação contínua, com certeza, mas os grandes problemas da Internet foram essencialmente resolvidos", disse.

Feng concorda com o CEO, mas ressalta que os desenvolvedores pequenos não devem desanimar com isso e parar de produzir. Portanto, ele oferece três dicas importante na criação de um aplicativo. 

Primeiro: aceitar. Você pode ganhar muito dinheiro sem que seu aplicativo chegue ao Top 30.

Segundo: evitar. Se os aplicativos para dispositivos móveis se tornarem muito competitivos, existem outras plataformas, desde coisas antigas, como extensões de navegador, até as mais novas, como as de Alexa.

Terceiro: lutar.  É uma missão mais difícil hoje em dia, mas os empreendedores tendem a ser as pessoas que gostam de desafios. 

Por fim, talvez exista uma quarta possibilidade em uma parte do mercado que cresce nas estatísticas. A receita na App Store continua aumentando, mesmo com a queda do número de downloads, graças ao gasto médio dos usuários, que é 21% maior que no ano anterior. Ou seja, talvez uma boa ideia seja apostar em aplicativos que o público esteja disposto a pagar uma quantia significativa.

Via: 9to5Mac

 

Aplicativos Google Apple Android Pesquisa Hulu iOS Google Play app store elon musk play store android app
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você