Macbook Pro

Apple faz recall de MacBooks Pro por risco de fogo na bateria

Bruna Lima, editado por Rui Maciel 21/06/2019 10h10
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Substituir a bateria, no entanto, 'poderá levar de 1 a 2 semanas', com a empresa recomendando aos usuários que façam backup de seus dados primeiro.

A Apple anunciou na última quinta-feira (20/6) um recall para alguns modelos da linha MacBook Pro de 15 polegadas Retina Display, por causa de baterias problemáticas e potencialmente perigosas. Os equipamentos da série que foram vendidos entre setembro de 2015 e fevereiro de 2017, de acordo com a página de suporte da fabricante, precisam ficar atentos às baterias, já que elas “podem superaquecer e representar um risco de incêndio”.


A empresa pediu aos clientes que tenham essa versão do Macbook que parassem de usar as máquinas imediatamente e procurassem substituir a bateria o mais rápido possível, o que seria feito gratuitamente como parte do recall. Ela disponibilizou um espaço em seu site, no canto superior esquerdo da página, onde os usuários devem acessar a seção "sobre este Mac", para que verifiquem o número de série do equipamento e confirmar se ele pertence ao lote que traz este problema na bateria.

Aqueles que têm uma bateria que precisa de serviço podem substitui-la gratuitamente em uma loja da Apple ou em uma de suas assistências técnicas autorizadas. Apenas ontem foi anunciado que que o serviço de reparo estaria sendo oferecido em quase 1.000 lojas da Best Buy, nos EUA. Substituir a bateria, no entanto, "poderá levar de 1 a 2 semanas" com a empresa recomendando aos usuários que façam backup de seus dados primeiro. 

"A segurança do cliente é sempre a principal prioridade da Apple e decidimos voluntariamente substituir as baterias afetadas gratuitamente", apontou a marca no comunicado. Entretanto esse não é um incidente isolado. Somente no ano passado, a marca já realizou mais cinco avisos de reparo para os laptops.

Como a Apple não compartilha detalhes sobre quantas unidades de laptop foram afetadas por cada um desses problemas, é difícil saber quão disseminado está o problema. Modelos recentes, que apresentam carcaças redesenhadas, também receberam reclamações, mas em relação ao teclado.

A Apple sabe que tem um problema de reputação com seus novos MacBook Pros desde 2016, e está claramente levando-os mais a sério desde o ano passado, oferecendo correções e programas de substituição de teclado. De qualquer forma, a analista Ming-Chi Kuo, uma das fontes mais confiáveis sobre a Apple, acredita que a empresa irá lançar um "novo" MacBook Pro de 16 polegadas no final deste ano.

 

Via: The Verge

Apple macbook pro incêndio
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você