iphone xs

Apple libera iOS 13; conheça as novidades e saiba como instalar

Renato Santino 19/09/2019 14h00
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Nova versão do sistema operacional foi liberada às 14h desta quinta-feira (19)

A partir das 14h desta quinta-feira (19), já é possível instalar as versões finais do iOS 13 e do iPadOS em iPhones e iPads compatíveis. A atualização foi liberada nesta tarde, como havia prometido a Apple durante o evento de apresentação do iPhone 11.

A atualização traz uma série de novidades de privacidade e usabilidade que visam melhorar a experiência de uso dos aparelhos da Apple. No entanto, nem todos os aparelhos que hoje estão rodando o iOS 12 estão habilitados a usarem a versão 13.

Quais aparelhos são compatíveis com o iOS 13?

iPhones

Neste ano, o iPhone 5s, o iPhone 6 e o iPhone 6 Plus são os aparelhos abandonados pela Apple. Todos os modelos a seguir serão atualizados para o iOS 13 além dos novos iPhones 11, que já sairão de fábrica com o iOS 13:

  • iPhone XS
  • iPhone XS Max
  • iPhone XR
  • iPhone X
  • iPhone 8
  • iPhone 8 Plus
  • iPhone 7
  • iPhone 7 Plus
  • iPhone 6S
  • iPhone 6S Plus
  • iPhone SE

iPads

O iOS para iPads agora tem uma cara e um nome diferentes. O iPadOS é uma variação do iOS pensada especificamente para os tablets, com alguns recursos que aproximam o dispositivo de notebooks com MacOS e Windows. Dois modelos de iPad que usavam o iOS 12 não receberam o iPadOS: o primeiro iPad Air e o iPad Mini de segunda geração. Todos os modelos a seguir serão atualizados; a lista não conta com o novo iPad com tela de 10,2 polegadas, que já sai de fábrica com o iPadOS

  • iPad Pro (12,9 polegadas)
  • iPad Pro (11 polegadas)
  • iPad Pro (10,5 polegadas)
  • iPad Pro (9,7 polegadas)
  • iPad (6ª geração)
  • iPad (5ª geração)
  • iPad mini 5
  • iPad mini 4
  • iPad Air 3
  • iPad Air 2

iPod Touch

  • iPod Touch (7ª geração)

Como instalar o iOS 13?

Não é difícil instalar o iOS 13 no seu celular. Você provavelmente será notificado pela Apple sobre a atualização em algum momento, mas você pode se antecipar e forçar a instalação imediatamente.

Para isso, tudo o que o você precisa fazer é acessar o aplicativo “Ajustes” do telefone e tocar na guia “Geral”. Em seguida, basta selecionar “Atualização de Software” e esperar até que o sistema procure pelo update. Ao encontrar, basta tocar para baixar e instalar. O telefone será reiniciado no processo, sendo necessário salvar tudo e se certificar que a bateria está carregada.

Reprodução

O que há de novo no iOS 13?

O sistema operacional trouxe uma série de novidades importantes para os usuários, expandindo capacidades, trazendo novos visuais para os aplicativos do sistema e outras novidades. Confira:

  • Modo Noturno

Um modo noturno está a caminho do iOS 13: com ele, aplicativos vão exibir uma interface com cores mais escuras durante a noite. Aplicativos da própria Apple já contarão com a novidade quando a plataforma for lançada, e até as notificações vão ganhar tons escuros. Apps de outras empresas que estiverem vinculados ao sistema terão seu esquema de cores ajustados com uma simples mudança nas configurações do iOS.

  • Novas formas de usar o teclado

Usuários de Android e de teclados alternativos como o Swype ou o SwiftKey já conhecem o recurso: a partir de agora, o teclado do iOS vai contar com entrada por swipe - ou seja, deslize o dedo pelas letras para que o texto seja digitado. No sistema da Apple, a funcionalidade vai receber o nome "Quick Path".

  • Lembretes reformulados

O aplicativo de lembretes foi completamente repensado. Vai ficar mais fácil agendar tarefas, além de opções de classificação que ajudam a organizar o que você precisa fazer. Com integração com inteligência artificial, o aplicativo vai passar a sugerir automaticamente lembretes com base no que você costuma fazer. E isso tudo com um novo design completamente diferente do usado até o iOS 12 - é a maior atualização que o app Lembretes recebe em anos.

  • Atualização em aplicativos nativos

As suas fotos vão ficar mais organizadas no iOS 13. Uma atualização no app Fotos vai incluir uma nova interface de usuário com uma aba que permite visualizar imagens por anos, meses e dias, facilitando a busca pelos registros daquela viagem de meses atrás. Além disso, o app vai facilitar a busca por imagens duplicadas.

E a Apple também vai incluir ferramentas mais avançadas de edição tanto de imagens quanto de vídeos. No caso das fotografias, vai ser possível configurar brilho, destaques, sombreamento, contraste, saturação, e muito mais. E isso vale também para vídeos - que também podem ser rotacionados diretamente no dispositivo no novo modo de edição.

Outros aplicativos modificados: o Mail vai ganhar novas formas de formatar mensagens; o Safari vai permitir preferências personalizadas para cada site.

  • Novos mapas

Quando foi lançado, o aplicativo de Mapas da Apple era um desastre, com informações incorretas e uma série de bugs. A Apple passou os últimos anos reformulando e agora o app ganhou uma versão atualizada com novos recursos, incluindo um modo de visualização de fachadas que lembra bastante o Google Street View. Os novos mapas devem ser lançados fora dos Estados Unidos apenas em 2020.

  • Novo aplicativo Buscar

Lembra dos antigos aplicativos Buscar iPhone e Buscar meus Amigos? Eles vão ser unificados no novo app Buscar. Com ele, você consegue verificar a localização dos seus dispositivos da Apple mesmo que eles estejam offline - graças ao uso de dispositivos Bluetooth que estejam por perto. Além do iOS 13, o Buscar também estará disponível no iPadOS e no macOS 10.15 Catalina.

  • Armazenamento externo

O iPhone e o iPad não vão exatamente ganhar uma entrada de cartão SD, mas a partir do iOS 13 será possível ler e transferir arquivos de um celular para um cartão SD ou dispositivo USB. Com isso, vai ficar mais fácil transferir arquivos externos para o aparelho - as fotos tiradas com a sua câmera, por exemplo, podem ser importadas para o iPhone ao conectar um adaptador USB e um leitor de cartão SD no dispositivo.

  • Privacidade

A Apple tem batido nesta tecla como uma forma de se diferenciar do Google e do Android, que ganham dinheiro pela coleta de dados de usuários. Reforçando esta aposta, a empresa anunciou uma nova ferramenta que limita a coleta de localização dos usuários.

Com isso, é possível dar permissão para que um app acesse sua posição apenas UMA VEZ, porque existem situações em que essa função é muito útil. Da próxima vez que precisar, o app terá que solicitar novamente sua localização.

A Apple também decidiu responder ao Google e ao Facebook criando seu próprio sistema de login, que permite usar sua conta da Apple para se cadastrar em aplicativos, oferecendo ao usuário mais controle sobre as informações que ele compartilha ao se cadastrar. Entre as vantagens está a possibilidade de gerar um email aleatório que será usado apenas para aquele serviço. Este endereço será vinculado ao seu endereço de email real, permitindo que você receba emails normalmente, mas é facilmente cancelável se você perceber que aquela empresa está usando a informação de forma indevida.

 

 

 

iPhone Apple iPad iOS iOS 13
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você