Apple patenteia tela flexível para dispositivos vestíveis

A Apple recebeu hoje do órgão dos EUA responsável por patentes e marcas registradas uma patente sobre displays flexíveis. De acordo com o documento, a tela flexível descrita poderia ter a curvatura "para um bracelete ou relógio de pulso".

Segundo a patente, a tela seria feita de um substrato de silício com espessura de no máximo 50 micrômetros - mais fina que um cabelo humano. Ela poderia ser usada, por exemplo, em uma versão futura do Apple Watch, ou ainda em um produto novo da Apple como uma pulseira inteligente.

O documento ainda menciona a possibilidade de se costurar o display em tecidos, abrindo as portas também para roupas inteligentes da empresa no futuro. No entanto, segundo o Apple Insider, o mais provável é que a tecnologia, caso venha a ser desenvolvida, seja utilizada primeiramente em dispositivos vestíveis autônomos.

Vale lembrar que, como outras patentes da Apple, não é garantido que a empresa desenvolverá a tecnologia até colocá-la em um produto seu. Essa patente, contudo, chama a atenção por abordar um recurso que vem aparecendo com frequência. Ontem mesmo, a Lenovo mostrou protótipos de smartphones e tablets com telas dobráveis.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ