Assistente de voz da Samsung oferecerá suporte para os aplicativos do Google

Camila Rinaldi 08/01/2019 09h00
Compartilhe com seus seguidores
A A A

A Samsung chegou atrasada na corrida dos Assistentes de Voz e a Bixby ainda precisa de muitas melhorias para começar a ser utilizada pelos brasileiros. Contudo, isso não significa que a empresa não tenha um plano sólido para estimular o uso da sua plataforma de inteligência em detrimento ao Google Assistente, à Amazon Echo ou mesmo à Siri.


O Assistente do Google está instalado em praticamente 1 bilhão de dispositivos. Contudo, quando comparamos a participação do alto-falante inteligente Google Home no mercado, a gigante das buscas responde a apenas 24% de penetração nos EUA, enquanto a Amazon Echo abocanha 73% das vendas. A Apple e seu Home Pod aparecem em terceiro lugar com representatividade mínima.

E é neste contexto que a Samsung quer inserir a sua plataforma de inteligência Bixby. Mas será que isso é possível?

Durante a conferência da gigante sul-coreana na CES 2019, tivemos anúncios importantes referentes à Bixby, mas o mais interessante de todos não foi dito no palco, mas no press release liberado para a imprensa logo após o evento: “a Bixby continuará a crescer à medida que mais parceiros, como o Google, se juntem ao ecossistema”. Isso mesmo, assistente de voz da Samsung oferecerá suporte para os aplicativos do Google, como Gmail, YouTube, Google Maps e outros.

Em outras palavras, a assistente da Samsung está mais inteligente e integrada ao sistema operacional Android.

O Google também sai ganhando com isso, pois, quanto mais pessoas utilizarem assistentes alternativos à Amazon Echo, o domínio do mercado pela Amazon diminuirá. E, claro, mais serviços do Google estarão integrados. Logo o ganho é para as duas gigantes da tecnologia.

A Samsung também está trazendo a Bixby para suas TVs QLED e UHD Premium de 2019. Com isso, a assistente amplia ainda mais o ecossistema de dispositivos nos quais é pré-instalada de fábrica. Hoje, a Bixby é a única assistente a contar com toda uma rede de eletrodomésticos inteligentes conectados, tais como refrigeradores, lavadoras, bem como aparelhos de ar-condicionado, dispositivos móveis, alto-falantes com inteligência artificial e outros.

Em outras palavras, nem o Google, nem a Amazon e nem a Apple possuem tal portfólio. Logo, a Samsung possui uma grande vantagem na construção de casas inteligentes, mas claro, precisa agora focar na otimização da Bixby, como trazer o suporte para mais idiomas e começar a sua integração com outros serviços. Globalmente, Uber, Ticketmaster, iHeartRadio e outras soluções já fecharam parcerias com a Samsung para o uso da Bixby. Além disso, é muito importante que a empresa consiga levar seus eletrodomésticos inteligentes para mais mercados até o final de 2019.

Infelizmente, no mercado brasileiro, enquanto a Samsung não oferecer a opção de uso da Bixby no nosso idioma, a utilização da assistente permanecerá estagnada. Lembrando que o Brasil está entre os três países com mais usuários ativos no Google Assistente para smartphone, tornando o português brasileiro o segundo idioma mais utilizado no Assistente em dispositivos móveis.

A Bixby entrando no Brasil, país em que a Samsung possui a maior fatia do mercado, seria a única concorrente do Google. Samsung, o que você está esperando?

Via: TechCrunch

Samsung bixby
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você