Windows 7

Atualizações pagas do Windows 7 podem ser compradas a partir de abril

Redação Olhar Digital 12/03/2019 13h06
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Os preços variam de US$25 a US$200 por ano. Essas atualizações não se destinam ao usuário doméstico convencional, mas sim para grandes organizações.

Mesmo com o Windows 10 a pleno vapor, alguns usuários continuam a utilizar o Windows 7 – considerado por muitos, um dos melhores sistemas operacionais da Microsoft.


Pensando nisso, a empresa pretende manter o suporte para o Windows 7 até 2020. Após esse período, quem quiser continuar usando o sistema, deverá pagar para receber as atualizações de segurança. E para quem estiver disposto a desembolsar uma grana para continuar com seu sistema seguro, as atualizações podem ser compradas a partir de abril deste ano.

Os preços variam de US$25 a US$200 por ano. Essas atualizações não se destinam ao usuário doméstico convencional, mas sim à grandes organizações, que ainda utilizam o Windows 7 em seus sistemas corporativos. Agora, elas terão de pagar se quiserem manter o seu dispositivo funcionando sem nenhum problema de segurança.

Em uma postagem no blog da Microsoft, o gerente geral da Microsoft 365, Bernardo Caldas, informou sobre a chegada da opção de compra das atualizações e que ela vai aumentar com o passar dos anos, como já noticiamos.

Essa estratégia de aumento dos preços anualmente pode ser um meio de forçar a mudança do sistema operacional para baratear os custos em se manter um sistema funcionando.

Como funcionará o sistema de cobrança

Como era de se esperar, manter esse sistema funcionando não será barato, especialmente para consumidores que necessitam aplicar essa prorrogação de utilização em diversas máquinas. E será mais caro para consumidores que utilizam a versão Pro do que os que utilizam a edição Enterprise.

As atualizações pagas serão lançadas durante três anos, ou seja, até janeiro de 2023. Elas serão da mesma natureza das que já chegam para o sistema de forma gratuita – correção de bugs e patches de segurança.

Como já mencionado, a Microsoft oferecerá essas atualizações por três anos, com o valor aumentando conforme os anos. Para os usuários da versão Enterprise, os preços são:

- No primeiro ano (Janeiro de 2020 a 2021) - US$25 por dispositivo;

- No segunda ano (Janeiro de 2021 a 2022) - US$50 por dispositivo;

- No terceiro ano (Janeiro de 2022 a Janeiro de 2023) - US$100 por dispositivo

 

E para os usuários que utilizam a versão Pro:

- No primeiro ano (Janeiro de 2020 a 2021) - US$50 por dispositivo;

- No segunda ano (Janeiro de 2021 a 2022) - US$100 por dispositivo;

- No terceiro ano (Janeiro de 2022 a Janeiro de 2023) - US$200 por dispositivo


Esses valores serão pagos anualmente e, caso o consumidor tenha interesse em contratar as atualizações durante o segundo ou terceiro ano, terá de pagar os anos anteriores para que ele tenha acesso aos updates anteriores. Ou seja, a ideia da Microsoft é desincentivar o uso desta edição do sistema operacional.

A empresa ainda não se pronunciou sobre se esses valores serão negociáveis de acordo ao número de ativações contratadas ou se esse será o preço final.

VIA: Betanews


Microsoft Windows 7
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você