Avião elétrico cai durante demonstração na Noruega

Aeronave tem autonomia para até 1 hora de vôo e alcance de 130 quilômetros. Piloto e passageira sobreviveram

Rafael Rigues 15/08/2019 10h30
Pipistrel Alpha Electro G2
A A A

Um avião elétrico Alpha Electro G2 caiu em um lago durante um vôo de demonstração na Noruega. Operada pela Avinor, estatal que controla os aeroportos do país, a aeronave estava sendo pilotada pelo CEO da empresa, Dag Falk-Petersen, e levava membros do governo norueguês.


Produzido na Eslovênia pela Pipistrel, o Alpha Electro G2 é o primeiro avião elétrico de 2 lugares aprovado para podução comercial. Sua autonomia é de uma hora de vôo, com reserva de 30 minutos e alcance de cerca de 130 quilômetros. A Noruega tem planos para iniciar a operação comercial de vôos com aviões elétricos até 2025, e espera que todas as suas rotas domésticas estejam eletrificadas até 2040.

O piloto e sua passageira, a ministra Aase Marthe Horrigmo, sobreviveram ao acidente. As causas não são conhecidas, mas Petersen afirma que o avião ficou subitamente sem energia durante a aproximação para o pouso.

Fonte: The Verge

Aviação Eletricidade avião Noruega
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você