Koo Kwang-mo, CEO da LG

Com desempenho fraco em celulares e TVs, LG deve ter queda nos lucros

Maria Dourado, editado por Daniel Junqueira 08/07/2019 16h13
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Os analistas esperam que a divisão de telefonia móvel da LG tenha perdas operacionais equivalentes a cerca de 645 milhões de reais

A LG Electronics espera que seu lucro operacional no segundo trimestre caia 15,4% em relação ao mesmo período de 2018. A fabricante sul-coreana de eletrônicos deverá divulgar receita de 15,6 trilhões de wons (50,3 bilhões de reais) e lucro operacional de 652,2 bilhões de wons (2,1 bilhões de reais) — o que representa um aumento de 4,1% e queda de 15,4%, respectivamente.


O esperado declínio no lucro deve-se às vendas menores que as esperadas de seus televisores OLED e às contínuas perdas da divisão de telefonia móvel da companhia.

O analista da KB Securities, Kim Dong-won, disse que a divisão de eletrodomésticos da LG provavelmente verá melhores lucros. Contudo, também pontuou que a expansão da venda de TVs QLED da Samsung pode prejudicar a lucratividade da LG nesse segmento.

No que diz respeito ao negócio de telefonia móvel da empresa, Kim afirmou que haverá uma perda maior em comparação ao trimestre anterior, que se deve principalmente ao aumento dos gastos com marketing na promoção de novos smartphones.    

O analista Park Won-jae, da Mirae Asset Daewoo, disse que é hora de adotar uma "abordagem estratégica", já que as vendas de televisores QLED da Samsung estão ganhando popularidade, enquanto as TVs OLED LG registraram vendas abaixo do esperado.   

Park também espera que a divisão de celulares da empresa tenha perdas operacionais de cerca de 200 bilhões de wons (645 milhões de reais).

O negócio de telefonia móvel da LG acumulou uma perda operacional de 790 bilhões de wons (mais de 2,5 bilhões de reais) em 2018 — mais um ano para a sequência vermelha.

Lançado em maio de 2019, na Coreia do Sul, o V50 ThinQ 5G inicialmente ganhou os consumidores — devido à falta de smartphones compatíveis com 5G no mercado. Entretanto, a demanda pelo smartphone tem diminuído desde então, já que as empresas de telecomunicações aumentaram os subsídios para consumidores que querem comprar o Galaxy S10 5G — ou seja, ele está saindo por preços mais vantajosos.

A LG deve divulgar seu relatório fiscal completo no final deste mês.

Mercado LG 5G smartphone balanço LG V50 ThinQ
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você