Bateria cinco vezes mais duradoura pode surgir em breve

Um estudo publicado na semana passada no periódico científico Nature propôs uma nova forma de baterias para substituir as atuais de íon-lítio. Chamados de "baterias de lítio-oxigênio", esses novos componentes poderão oferecer vida útil até cinco vezes maior que as baterias de smartphone atuais.

A bateria se baseia em superóxido de lítio (de fórmula LiO2), que oferece uma alta densidade energética. por conta dessa propriedade, o composto já havia sido pesquisado na esperança de se criar uma bateria com maior durabilidade. No entanto, por tratar-se de um composto instável, ainda não foi póssível criar um protótipo.

Por ser instável, o superóxido de lítio acabava formando peróxido de lítio (Li2O2), que por sua vez "entupia" os pólos da bateria e impedia que ela funcionasse. No entanto, o estudo mais recente, assinado por 19 autores, sugere um método de se estabilizar o superóxido de lítio usando um cátodo de base grafeno. Esse cátodo impede que o LiO2 reaja formando peróxido de lítio (Li2O2) e permite que a bateria funcione.

Como resultado, seria possível criar novas baterias para substituir todas as baterias recarregáveis de íon-lítio que são usadas atualmente. Segundo Larry Curtis e Khalil Amine, as novas baterias poderiam durar cinco vezes mais que as atuais. Alguns dos aparelhos que poderiam se beneficiar dessa inovação são smartphones, tablets, notebooks e até mesmo carros híbridos.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ