Tela danificada Galaxy Fold

Chegada do Galaxy Fold às lojas é adiada indefinidamente pela Samsung [Atualizado]

Roseli Andrion, editado por Rui Maciel 22/04/2019 14h38
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Samsung libera comunicado oficial ao mercado brasileiro sobre o adiamento da chegada do produto

Quem estava ansioso pela chegada do Galaxy Fold às prateleiras norte-americanas vai ter de esperar um pouco mais: a Samsung decidiu adiar a distribuição do aparelho indefinidamente, de acordo com comunicado oficial. A decisão veio depois dos problemas encontrados por quem recebeu o aparelho para testes


A companhia afirma, ainda, que vai anunciar uma nova data de lançamento nas próximas semanas. A empresa faz investigações internas, mas alega que os problemas relatados vêm de pressão excessiva aplicada à tela interna do aparelho. "Resultados iniciais mostram que os defeitos podem estar associados a impactos em áreas expostas da dobradiça", diz o comunicado. "Por isso, vamos fortalecer a proteção da tela."

[ATUALIZAÇÃO]Para o Brasil, a fabricante sul-coreana também liberou um comunicado oficial. Confira abaixo:

"Recentemente, apresentamos uma categoria móvel completamente nova: um smartphone que utiliza diversas novas tecnologias e materiais para criar um display flexível o suficiente para ser dobrado.

Embora alguns analistas tenham compartilhado conosco o vasto potencial que eles veem no produto, alguns também nos mostraram como o smartphone precisa de alguns ajustes que garantam a melhor experiência do usuário. Para avaliar completamente esse feedback e executar mais testes internos, decidimos atrasar o lançamento do Galaxy Fold. Planejamos anunciar a data de lançamento nas próximas semanas.

Valorizamos a confiança que nossos clientes depositam em nós e eles são sempre nossa principal prioridade. A Samsung está comprometida em trabalhar de perto com clientes e parceiros para continuar impulsionando a indústria. Queremos agradecer-lhes pela paciência e compreensão."

Agora, voltando...

Quando os problemas começaram a ser relatados, a Samsung disse que manteria a data de chegada do produto às lojas. Como a ocorrência de defeitos continuou, depois de apenas um ou dois dias de uso, a companhia decidiu reavaliar essa decisão.

Houve muitos relatos de falhas no mecanismo que faz a dobra da tela e de displays que piscam. Por outro lado, vários testadores ressaltaram que os dispositivos que usaram não apresentaram qualquer defeito.

Outro problema recorrente foi o fato de alguns usuários terem arrancado parte do plástico da tela imaginando que fosse uma película removível. A Samsung diz que vai informar os consumidores de modo mais incisivo de que essa camada da tela não deve ser retirada.

Os defeitos apontados até agora no Galaxy Fold não representam risco de segurança, mas é difícil esquecer que a companhia passou por um grande problema em 2016, com a explosão das baterias do Galaxy Note 7. Na época, isso custou bilhões de dólares e ataques à reputação da marca.

Já havia eventos de lançamento agendados nesta semana em Hong Kong e Xangai, mas ele foram cancelados — com a promessa de serem reagendados em breve. Um porta-voz da empresa informa que “está sendo conduzida uma inspeção profunda a respeito das falhas apontadas nas amostras enviadas para teste”. Segundo ele, os resultados vão ser informados assim que o trabalho for concluído.

Toda a atenção do mercado

Primeira a lançar um smartphone dobrável, a companhia tem planos ambiciosos para Galaxy Fold — afinal, ela teve um declínio de 8% nas vendas em 2018 e busca se recuperar. Com o aparelho, a marca pretende se destacar dos principais concorrentes — mais notadamente a chinesa Huawei, que já mostrou o Mate X para concorrer com o modelo da Samsung.

Apesar do atraso no lançamento do Galaxy Fold, a empresa ainda tem tempo hábil suficiente para lançar o dispositivo antes da chegada do Mate X às lojas (sua distribuição está prevista para o último trimestre do ano). Além disso, o modelo da sul-coreana vai ser mais barato que o da chinesa: são 30% de diferença, US$ 2 mil contra US$ 2600.

O Galaxy Fold muda completamente o conceito atual de smartphones ao sair do design retangular que tem sido a norma há mais de uma década. Por isso mesmo, seu lançamento tem sido acompanhado de perto pelo mercado.


Samsung lançamento galaxy fold adiamento
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você