Wifi, w-fi

Como escolher o melhor roteador para sua casa ou empresa

Equipe de criação Olhar Digital 21/11/2019 18h11
Compartilhe com seus seguidores
A A A

São muitos os fatores que influenciam a qualidade de uma conexão Wi-Fi; confira algumas dicas que irão te ajudar na hora de escolher um novo roteador

Os brasileiros estão cada vez mais conectados à internet. Segundo o último levantamento da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD), publicado no fim de 2018 pelo IBGE, o Brasil ganhou quase 10 milhões de internautas em um ano. Em 2017, o país tinha 126,4 milhões de usuários de internet. Um ano antes, esse número era de 116,1 milhões. O número de domicílios com acesso à rede também cresceu no período, subindo de 69%, em 2016, para 75% em 2017.

Analisando o âmbito empresarial, a conectividade também se tornou um dos fatores-chave para a operação. Com as redes Wi-Fi, por exemplo, é possível dar maior flexibilidade de conexão aos ambientes, permitindo que os usuários tenham conexão sempre à disposição sem depender de um ponto fixo de rede ou, ainda, prover acesso a clientes através de check-in ou exibição de anúncios, transformando a rede em uma ferramenta para divulgar a empresa e seus produtos, o que é bastante útil, por exemplo, em bares e restaurantes.

Toda essa conectividade crescente traz muitos benefícios mas, para aproveitar ao máximo o potencial das redes, é preciso ter um roteador Wi-Fi adequado às necessidades. São muitos os fatores que influenciam a qualidade de uma conexão Wi-Fi, mas como ponto de partida é importante avaliar o plano de internet disponível, a área que se deseja cobrir com sinal e a quantidade de dispositivos que serão conectados à rede. Em seguida, é preciso avaliar também as funcionalidades e a recomendação de uso dada pelo fabricante para cada produto, para que se escolha assim o equipamento ideal.

Confira a seguir algumas dicas que irão te ajudar a realizar essa escolha:

Wi-Fi Roteadores publi editorial
Compartilhe com seus seguidores