5G

Coreia do Sul e Estados Unidos inauguram oficialmente suas redes 5G

Redação Olhar Digital 04/04/2019 17h17
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Sul-coreanos são os primeiros a liberar a mais alta tecnologia de redes móveis no mercado. Mas norte-americanos afirmam terem sido os pioneiros.

Três operadoras de celular da Coreia do Sul e a gigante norte-americana Verizon anteciparam suas programações iniciais e lançaram, na última quarta-feira (03), serviços comerciais de quinta geração ou, se preferir, o 5G. A nova tecnologia pode facilmente oferecer velocidades de conexão 20 vezes maiores que as redes 4G LTE – ou, em certos casos, até 100 vezes mais rápidas. Além disso, possuem melhor suporte para inteligência artificial e realidade virtual, com uma latência bem inferior.


Os sul-coreanos se tornaram, assim, os primeiros a disponibilizarem a mais recente tecnologia de rede móvel no mundo. As operadoras rasgaram seus calendários para garantir uma vantagem na largada em uma corrida que fica cada vez mais quente. A SK Telecom e outras duas companhias menores iriam lançar o 5G na Coreia do Sul na sexta-feira, junto com o novo smartphone Galaxy S10 da Samsung habilitado para o 5G.

A Verizon, por sua vez, liberaria serviços do tipo em Chicago e Minneapolis apenas no dia 11 de abril, e consumidores poderiam utilizar a nova rede no Motorola Z3 via “Moto Mod”, um acessório físico de tipo magnético para o telefone. Outra operadora norte-americana, a AT&T, clama para si o título de pioneira no mercado – porém sua rede 5G lançada em dezembro de 2018 é acessível apenas para aparelhos móveis hotspot, e não ainda para telefones. 

Países como a Coreia do Sul, Estados Unidos, China e Japão estão correndo para levar o 5G ao mercado, na esperança de que a tecnologia estimule grandes avanços em áreas como cidades inteligentes e carros autônomos. 

Irene Kim, representante da SK Telecom, afirma à Reuters que a companhia decidiu antecipar o lançamento dos serviços comerciais após algumas discussões internas, uma vez que a empresa já tinha redes e consumidores prontos para recebê-los. A rival menor KT Corp promete oferecer planos 5G mais baratos que o serviço 4G LTE, com dados ilimitados e parcelas de quatro anos para comprar aparelhos 5G.

Preocupações de segurança

A aceleração da liberação de serviços 5G pelo mundo tem sido principalmente atrapalhada pelos constantes ataques aos equipamentos da Huawei, em uma tensão que envolve EUA e China no centro, mas que já alcançou status internacional. Entre as três operadoras da Coreia do Sul, a SK Telecom e a KT Corp não usam equipamento Huawei para o 5G – somente a operadora LG Uplus Corp, com marketshare menor em relação as suas concorrentes, trabalha com maquinário da gigante chinesa. 

"Não acho que tenhamos um problema de segurança na Coréia do Sul", garante Park Jin-hyo, diretor do centro de pesquisa e tecnologia de comunicação da SK Telecom. Ele acrescenta que a empresa usa tecnologia avançada para bloquear a escuta ou a invasão de redes 5G.

Mas funcionários da SK Telecom reiteram que, se a Coreia do Sul precisar de mais estações base para frequências mais altas, provavelmente haverá um leilão aberto para fabricantes de equipamentos de rede, incluindo a Huawei. É importante lembrar que o país tem uma das maiores taxas de penetração comercial de smartphones do mundo.

Fonte: Reuters

Verizon 5G internet móvel estados unidos
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você