Criador de distro do Linux anuncia sua versão do Android sem apps do Google

Antes do Android conquistar o mundo como um sistema operacional de código aberto, outro software livre conquistou alguns seguidores no mundo do PC: o Linux. Agora, o criador de uma das distribuições mais populares do Linux quer fazer seu próprio Android.

Trata-se do Eelo, um sistema operacional baseado no código-fonte do Android, mas sem as interferências do seu criador, o Google. A obra é de Gaël Duval, criador do Mandrake Linux, que fez uma campanha de financiamento coletivo para transformar o projeto em realidade.

A ideia de Duval é que o Eelo venha com todos os principais recursos da versão básica do Android, mas sem as ferramentas do Google que afetam a privacidade do usuário, como rastreadores e registros de uso que ficam vinculados à sua conta na empresa.

Assim sendo, como destaca o Tecnoblog, o Eelo vem com um app de e-mail, ferramentas de produtividade e serviços de armazenamento em nuvem. Quem quiser instalar apps do Google no sistema poderá fazê-lo, mas assim como acontece em celulares chineses que não vêm com Google Play, é preciso buscá-los por meio de uma loja de apps paralela.

Visualmente, o Eelo se parece com o iOS, sistema operacional do iPhone, mas é, na verdade, baseado em partes do LineageOS, um outro software livre que, por sua vez, também tem como base o Android. Duval quer arrecadar 25 mil euros (equivalente a quase R$ 100 mil) para disponibilizar o Eelo no primeiro trimestre de 2018.

Quem quiser contribuir com a campanha pode fazê-lo até meados de janeiro. Duval promete que quem doar mais de mil euros vai ganhar um smartphone já com o Eelo instalado.

Compras para o Natal? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ