Drones serão utilizados para transportar sangue e vacinas em Ruanda

Jeferson Goncalves, editado por Rodrigo Loureiro 14/10/2016 15h10
Sangue drone
A A A

O Governo de Ruanda, na África, vai trabalhar com drones para transportar sangue para hospitais e postos de saúde localizados em áreas de difícil acesso do país. A iniciativa vai contar com os equipamentos da Zipline, empresa de robótica da Califórnia, nos Estados Unidos, baseada em Muhanga.


Os drones serão capazes de carregar uma reserva de sangue pesando até 1,5kg, quantidade que é suficiente para salvar a vida de uma pessoa, por mais de 150 km. O projeto vai começar com quinze drones que farão de 50 a 150 viagens por dia. O tempo de trajeto dos drones com o sangue varia de acordo com a entrega, mas é de aproximadamente 30 minutos.

Além disso, as autoridades do país esperam conseguir expandir o projeto de entrega de sangue por drone no futuro, o que possibilita também a entrega de vacinas.

Para Seth Berkley, CEO da Gavi, empresa que atua na distribuição das vacinas, o tempo de entrega de uma vacina ou de uma bolsa de sangue por um drone pode ser decisivo para salvar uma vida.

Via Engadget

Saúde Medicina drones
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!

Recomendados pra você