Edward Snowden diz que FBI não precisa da Apple para desbloquear iPhone

Um dos principais inimigos do governo norte-americano decidiu dar sua opinião sobre a disputa entre a Apple e o FBI nos EUA. Edward Snowden, responsável por revelar que os programas de espionagem sobre cidadãos comuns mantidos pelo país em todo o mundo, disse que o argumento da polícia federal americana no caso, "com todo o respeito, é pura bobagem".

Snowden participou por videoconferência de um evento realizado em Washington sobre segurança, privacidade e democracia. O FBI quer obrigar judicialmente a Apple a desbloquear um iPhone utilizado em um atentado terrorista, mas a empresa se nega a cooperar. De acordo com o ex-analista da NSA, que hoje vive em asilo político fora dos EUA, o FBI não precisa da Apple.

"Há diversos métodos conhecidos por hackers para desbloquear o iPhone", disse Snowden, logo interrompido pelo mediador da conferência que preferiu mudar de assunto. No Twitter, o ativista expandiu sua opinião sobre o tema compartilhando um artigo de Daniel Kahn Gillmor, colunista da ONG americana Aclu.

O FBI se baseia no fato de que o celular investigado possui um sistema de proteção que apaga todos os dados da memória interna após 10 tentativas fracassadas de acertar o código de acesso. Segundo Gillmor, basta que os agentes federais façam um backup parcial do chip para que os arquivos não sejam perdidos após 10 erros. E essa é a opinião que Edward Snowden endossa.

Via Mashable

Compras para o Natal? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ