Empresa alemã testa tecnologia que pode dobrar a capacidade de redes móveis

A empresa Deutsche Telecom, maior provedora de serviços de telecomunicações da Alemanha, testou recentemente, com resultados positivos, uma tecnologia que permite dobrar a capacidade de redes móveis de todos os tipos, como redes WiFi, 3G e 4G.

A novidade foi desenvolvida pela empresa estadunidense Kumu Networks, que busca maneiras de fazer com que dispositivos que atuam no espectro de radiofrequência possam transmitir e receber sinais ao mesmo tempo.

Transmitir e receber

Tradicionalmente, acredita-se que dispositivos desse tipo não podem, ao mesmo tempo, receber e transmitir sinais. Isso porque a intensidade do sinal transmitido interferiria na recepção do sinal, o que tornaria inviável fazer as duas coisas ao mesmo tempo. Por esse motivo, celulares e computadores usam canais separados para enviar e receber sinais de rádio, ou usam um só canal mas alternam entre eviar e receber.

No entanto, a Kumu Networks diz ter desenvolvido hardware e software que permitem que o receptor de rádio dos dispositivos filtre os sinais das ondas que ele mesmo envia, evitando assim interferência. Com isso, aparelhos que possuem apenas um canal podem usá-lo para receber e transmitir simultaneamente, e os com dois canais poderiam usar ambos para efetivamente dobrar sua largura de banda.

A Deutsche Telecom testou a nova tecnologia em uma pequena torre LTE na cidade de Praga, com dispositivos conectados em cima de carros. Ao longo do teste, a torre conseguiu dobrar sua capacidade, mesmo quando os aparelhos conectados a ela estavam em movimento ou bloqueados por edifícios. A foto abaixo mostra os carros durante o teste:



Desafios

O teste, no entanto, não foi totalmente sem percalços: a torre LTE com a tecnologia (que a Kumu chama de "Full Duplex") teve dificuldade em distinguir dispositivos quando eles estavam muito próximos uns dos outros.

Primeiramente, a empresa pretende aprimorar esse equipamento para poder oferecer, às operadoras de telecomunicações, torres com o dobro da capacidade de gerenciar informações. Com isso, a cobertura e a qualidade dos sinais das operadoras melhoraria consideravelmente.

Num futuro mais distante, porém, a empresa pretende diminuir o tamanho de seu equipamento para poder incluir antenas Full Duplex também em smartphones, tablets e computadores, possivelmente preparando-os para as velocidades das conexões 5G

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ