Empresa de transporte futurista Hyperloop abre centro de pesquisa no Brasil

Uma empresa que surgiu de uma ideia de Elon Musk, o bilionário fundador da marca de carros elétricos Tesla e da empresa de aviação espacial SpaceX, está chegando ao Brasil. A Hyperloop TT anunciou nesta sexta-feira, 6, a inauguração de um centro global de pesquisas no país.

O centro fica numa área de 22.000 metros quadrados em Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte (MG). O objetivo da instalação de pesquisa é desenvolver novas soluções em tecnologia de transportes e logística para o mundo inteiro.

A Hyperloop TT é uma das muitas empresas norte-americanas que usam nomes parecidos. Elas são mais conhecidas pelo desenvolvimento de "trens a vácuo", modelo de transporte coletivo de alta velocidade, que estão em fase de teste nos EUA.

Essa tecnologia foi proposta pela primeira vez por Elon Musk, que deixou a ideia e o nome disponíveis em domínio público para empresas que quisessem transformá-los em realidade. A Hyperloop TT é uma delas, ainda que não tenha qualquer envolvimento direto com Musk.

O conceito do hyperloop imaginado pelo bilionário e buscado pela empresa é o de um meio de transporte em que pessoas ou cargas são colocados em uma cápsula, que é então disparada por tubos vedados em altíssima velocidade.

Por enquanto, não há previsão para a chegada de transportes desse tipo ao Brasil pelas mãos da Hyperloop TT. O centro de pesquisa serve, a princípio, para que a empresa desenvolva novas soluções de logística, para si e para clientes.

Reprodução

Além disso, há uma academia de inovação no local, chamada XO Square, em que pesquisadores, cientistas, grandes e pequenas empresas podem usar para criar novas tecnologias de transporte, como num grande centro de coworking.

O centro é fruto de uma parceria público-privada entre o governo de Minas Gerais, o município de Contagem e a Hyperloop TT. A prefeitura e o governo cederam o terreno para a construção das instalações sob a estimativa de que o investimento movimente R$ 1 bilhão no setor de transporte e logística em três anos.

A primeira fase do projeto inclui o investimento de R$ 26 milhões, de subsídios estatais a dinheiro de investidores particulares e a própria Hyperloop. Atualmente, a empresa está construindo seu primeiro protótipo de trem a vácuo na Espanha e espera iniciar os testes na França antes do fim do ano.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ