Empresa lança 'telefone substituto' para quem quer acabar com vício em celular

Um estúdio de design austríaco chamado Klemens Schillinger anunciou nesta semana um novo produto de apelo terapêutico. É o Substitute Phone, ou "telefone substituto", em tradução livre - um dispositivo feito para tratar o vício em smartphones.

O objeto inanimado não passa de um pedaço de plástico e metal com o formato e visual semelhante ao de um smartphone. No lugar da tela, porém, há uma fila de esferas de pedra. Cada modelo oferece a fila em posições diferentes, de modo que o usuário possa rolar as pedras com o dedo simulando os gestos que estamos acostumados a fazer em smartphones: na vertical, horizontal e diagonal.

"Esta calma limitação oferece ajuda aos viciados em smartphones que estejam lidando com sintomas de abstinência", descreve o estúdio criador do produto em seu site oficial, como reporta o TechCrunch. "O objeto, que alguns de nós descrevem como uma prótese", diz o texto, "é uma abordagem terapêutica".

Em entrevista ao site Dezeen, o designer por trás do Substitute Phone diz que sua inspiração foi o escritor italiano Umberto Eco, que tentou parar de fumar substituindo o cigarro por um graveto. "É a mesma coisa, só que sem a nicotina, só o estímulo físico. Eu me lembrei disso e tentei fazer um telefone que oferecesse o mesmo estímulo físico, só que sem a conectividade."

Schillinger é também criador de um "abajur offline" que só se acende quando o usuário guarda o celular dentro de sua gaveta. Ambos foram criados para uma mostra de design na Áustria e ainda não têm previsão ou pretensão de serem colocados à venda, a menos que alguma empresa se interesse em comercializá-los.

Compras para o Natal? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ