Engenheiro cria bola de boliche 'pilotável'

Ex-engenheiro da Nasa se juntou a designer de brinquedos para deixar a bola controlável

Guilherme Preta, editado por Matheus Luque 28/11/2019 13h56
Bola de boliche pilotável
A A A

Mark Rober, um ex-engenheiro da Nasa, juntou-se ao ex-designer de brinquedos James Bruton para transformar a dupla nos dois melhores jogadores de boliche do mundo. Porém, ao invés de passarem anos aprimorando suas habilidades, eles se voltaram para a ciência para "pilotar" uma bola de boliche para onde quiserem.


Depois de cortar a bola ao meio, Rober descobriu que dentro dela havia um peso assimétrico. É isso que permite que jogadores profissionais façam curvas com seus arremessos. Os dois deram um passo adiante e aprimoraram a bola com um peso que pode ser controlado de um lado para o outro remotamente.

As partes internas foram substituídas por mecanismos eletrônicos e mecânicos, semelhante ao que é possível encontrar em muitos brinquedos de auto equilíbrio, mas com um adicional importante: um peso de giro pendular. Esse peso muda de um lado para o outro em resposta aos movimentos do jogador, que são detectados por um sensor de movimento, o que faz com que a bola mude de direção drasticamente enquanto rola pela pista.

É claro que não há nenhuma chance da bola, que pesa bem menos que uma normal, ser aprovada para jogos profissionais. Rober e Bruton queriam apenas fazer um experimento científico. Veja o vídeo abaixo.

 

Via: Gizmodo

Ciência boliche bola
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você