Engenheiro cria chapéu seletor do Harry Potter baseado no IBM Watson

Um engenheiro da IBM construiu um chapéu seletor igual ao da série Harry Potter baseado na tecnologia do IBM Watson. O projeto promete ser muito mais inovador do que qualquer um dos famosos testes de internet que fazem o trabalho do acessório mágico e avaliam o perfil das pessoas para indicarem em qual das "casas" de Hogwarts elas pertencem.

O engenheiro Ryan Anderson desenvolveu o projeto pensando em agradar suas duas filhas, enquanto também se divertia com o universo da franquia criada pela escritora JK Rowling. Para funcionar, o chapéu utiliza a inteligência de linguagem do IBM Watson para avaliar o que é dito e classificar os perfis.

Anderson codificou o chapéu para registrar as palavras que escuta e as encaixar em características das casas de Hogwarts. Foram desenvolvidas, assim, "verdades básicas" para cada uma das quatro casas e pelo sistema de aprendizagem profunda, o Watson consegue descobrir mais atributos sobre as casas e expandir seu conhecimento cada vez que em que é utilizado.

Até agora, o chapéu foi testado somente nas filhas do engenheiro e em pessoas famosas a partir de seus perfis no Wikipedia. Stephen Hawking e Hillary Clinton, por exemplo, iriam para Corvinal com 90% de certeza, já Donald Trump seria um membro da para Grifinória, assim como o próprio protagonista da franquia, com 48% devido a sua ousadia.

Anderson forneceu ainda um tutorial para quem quiser também desenvolver um projeto semelhante usando a plataforma Bluemix da IBM.

Via TNW

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ