Entenda por que alguns aplicativos são tão viciantes

Na hora de decidir onde colocar dinheiro em um aplicativo, as empresas levam em conta, além do número de downloads, o tempo gasto pelos usuários dentro do app e a frequência de uso. Assim, é muito importante que o programa seja atrativo e até mesmo viciante. Pensando nisso, é cada vez mais comum que o usuário receba notificações e o sistema utilize ferramentas de engajamento e a tecnologia de aprendizagem de máquina para aumentar intencionalmente a utilização dos usuários.

Como se tornar viciante?

De acordo com psiquiatras que estudam o tema, a ferramenta mais comum e viciante utilizada pelas desenvolvedoras de apps são as notificações push, que aparecem no dispositivo sempre que há alguma novidade. Mas, segundo os pesquisadores, ao contrário do que muita gente pensava, a razão pela qual as pessoas não param de verificar o celular é a vontade de se livrar da ansiedade e do estresse.

"Há realmente dois processos acontecendo aqui. Parte do problema é um vício, mas o que eu acho que realmente está acontecendo, e o que nossa pesquisa está começando a mostrar, é que nós não estamos usando o celular para nos sentirmos bem. Estamos fazendo isso para nos livrar de neurotransmissores que nos fazem sentir mal, produtos químicos mais associados com sentimentos de ansiedade e estresse ", afirma.

Ansiedade
"Estamos descobrindo que a ansiedade é provavelmente o melhor preditor de um compotamento", explica o professor, destacando que a pesquisa também descobriu que o uso do smartphone antes de ir para a cama está ligado aos níveis de ansiedade.

Compras para o Natal? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ