YTS: site de torrent mais acessado no mundo

Estúdios de cinema processam operadores de torrent mais acessados do mundo

Henrique Freitas, editado por Rui Maciel 29/05/2019 19h07
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Sites são acusados de incentivar a pirataria e a violação de direitos autorais, ao passo que ganham dinheiro através de anúncios

Empresas cinematográficas estão tentando fechar os maiores sites de torrent na internet. As produtoras acusam as pessoas por trás do YTS.am e do YIFYmovies.is de induzir uma violação maciça de direitos autorais. A denúncia foi registrada em um tribunal federal do Havaí, nos Estados Unidos, e inicialmente também incluía dois usuários dos sites, que já tiveram seus casos resolvidos.


Ambos os sites operam de maneira diferente. Com milhões de visitantes, o YTS.am (antes, YTS.ag) é o site de torrent mais visitado na internet, superando até mesmo o famoso Pirate Bay. O YIFYMovies.is, por sua vez, é menor, mas permite que os usuários transmitam conteúdo diretamente no site. Entre outras coisas, a denúncia indica que eles incentivaram usuários a baixar ou transmitir filmes sem permissão, ao mesmo tempo em que ganhavam dinheiro por meio de anúncios.

A popularidade deste e de outros sites é uma enorme pedra no sapato para os estúdios, o que motivou um grupo a se mobilizar. Produtoras por trás de filmes como Loucos e Perigosos, Assassino a Preço Fixo 2, Dupla Explosiva e Fúria em Alto Mar acusam os supostos operadores do YIFYmovies.is e do YTS.am de contribuir em larga escala para a pirataria.

O caso foi apresentado no mês passado, mas os nomes dos operadores do site permanecem desconhecidos. Eles são referidos como Doe 1 e Doe 2, respectivamente. "Os réus Doe 1 e Doe 2 causam danos aos negócios dos requerentes neste Distrito, desviando os clientes deste Distrito para serviços não autorizados de distribuição de conteúdo pela internet através de, pelo menos, dois sites: o YIFYmovies.is e yts.ag", indica a ação judicial.

Os efeitos do processo até então

Os estúdios reivindicam quantias que podem chegar a US$ 150 mil por filme pirateado. Além disso, as empresas solicitam uma medida cautelar para impedir que terceiros, como empresas de hospedagem, registradores de domínio e mecanismos de pesquisa, facilitem o acesso aos domínios YIFYMovies.is, YTS.ag e YTS.am.

Nenhuma liminar foi ainda emitida, mas o YIFYMovies.is desapareceu do ar há poucos dias. Além dos dois operadores do site, a denúncia também nomeia dois indivíduos acusados de baixar e distribuir filmes protegidos por direitos autorais, em parte por meio do YTS.am ou de um site relacionado. A documentação não indica que um acordo foi realizado, mas os usuários em questão afirmam que a linguagem enganosa nos sites do YTS e do YIFY os levou a acreditar que eram plataformas legais.

Fonte: TorrentFreak

Filmes Torrent Cinema legislação Processos
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você