EUA X Huawei

EUA banem Huawei e outras chinesas de contratos governamentais

Bruna Lima, editado por Cesar Schaeffer 08/08/2019 14h06
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Novas regras já foram formalizadas. A partir de 13 de agosto as empresas chinesas não terão mais contratos de comércio com os Estados Unidos

O governo norte-americano afirmou que a Huawei será banida oficialmente dos Estados Unidos a partir de 13 de agosto. Apesar da flexibilização anunciada no G20, empresas chinesas não poderão mais entrar em contratos com os mercados públicos dos EUA, com ressalvas para algumas exceções podem ser concedidas.


Ontem (07/08) o governo dos EUA revelou as medidas que regulamentarão o comércio entre as empresas chinesas, incluindo a Huawei, a ZTE, a Hytera Communications Corporation, a Hangzhou Hikvision Digital Technology e a Dahua Technology Company, e as agências federais dos EUA. Essas medidas, já mencionadas na Lei de Autorização de Defesa Nacional (NDAA) de Donald Trump, entrarão em vigor em 13 de agosto e os nomes listados não poderão mais fornecer equipamentos a agências federais dos EUA.

As exceções, que serão concedidas em condições especificas e serão válidas por no máximo dois anos, estão vinculadas à boa vontade do chefe de uma agência federal ou ao diretor de serviços nacionais de inteligência e aparentemente serão bastante raras. “O Departamento de Comércio emitirá licenças quando não houver ameaça à segurança nacional dos EUA”, disse Wilbur Ross, secretário comercial do governo Trump.

'No final, são os habitantes das áreas rurais dos Estados Unidos que serão os mais afetados, porque as redes que eles usam para a conexão digital são baseadas em nossos produtos', disse a Huawei em um comunicado divulgado pela AFP. O grupo chinês acredita que o governo dos EUA colocou em prática “uma barreira comercial baseada no país de origem que invoca medidas punitivas sem ter provas de infração”.

Como resultado, a Huawei vai 'desafiar a constitucionalidade da proibição em um tribunal federal'. Logo após o Trump divulgar os planos, os advogados da empresa chinesa entraram com um recurso contra as restrições impostas. No momento, o procedimento está acontecendo.

Via: Gizchina

Huawei EUA eua x china
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você