Executivo do Facebook é liberado após passar noite na prisão em SP

Diego Dzodan, vice-presidente do Facebook na América Latina, saiu da prisão na manhã desta quarta-feira, 2, após passar a noite no Centro de Detenção Provisória de São Paulo, na região de Pinheiros. O executivo foi detido na última terça-feira, 1, como punição pelo descumprimento de uma ordem judicial.

A ordem em questão partiu de um juiz em Sergipe que exigia que o Facebook liberasse dados sigilosos sobre contas no WhatsApp que ajudariam em uma investigação sobre tráfico internacional de drogas. A empresa não forneceu os dados, argumentando que não os possui, mas ainda assim não pagou as multas fixadas pelo descumprimento da ordem, culminando na decretação da prisão do executivo.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, Dzodan foi encaminhado para a Superintendência da Polícia Federal, no bairro da Lapa, para realizar procedimentos de rotina. O executivo passou a noite em uma cela isolada. Segundo o desembargador que concedeu seu habeas corpus, "o paciente nem é parte no processo judicial, nem investigado em inquérito policial", o que tornou sua prisão "precipitada".

Entenda todos os lados do caso

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ