Facebook nega ter escutado conversas de usuários pelo microfone do celular

Após ter sido acusado de manipular seu ranking de notícias populares, o Facebook foi novamente colocado no centro de uma polêmica esta semana. Um artigo publicado no jornal The Independent deu início ao rumor de que a rede social armazena tudo o que o microfone do celular do usuário capta, desde conversas particulares até ligações telefônicas e comandos de voz.

Com base nesses áudios, o Facebook poderia direcionar propagandas ao usuário em seu feed de notícias. Kelli Burns, professora de comunicação de massa na Universidade da Flórida do Sul, disse que após conversar com um colega sobre certos assuntos com o smartphone próximo, a rede social começou a mostrar-lhe anúncios referentes ao tema daquela conversa.

Naturalmente, a empresa negou toda a história. "O Facebook não usa áudio do microfone para oferecer anúncios ou publicações no feed de notícias de maneira alguma. Marcas podem oferecer propagandas relevantes baseadas nos interesses das pessoas ou outras informações demográficas, mas não pela coleta de áudio", disse a companhia em nota.

As permissões de uso do aplicativo do Facebook também geraram certa confusão. O app de fato pede acesso ao microfone do usuário tanto no Android quanto no iOS. No entanto, o recurso parece ser usado apenas para comandos de voz e integração com Siri e Google Now.

Via Engadget

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ