Lu Explica - WhatsApp

Facebook perde espaço para o WhatsApp como plataforma de informação, diz estudo

Caroline Rocha, editado por Leonardo Pereira 23/06/2017 10h06
Compartilhe com seus seguidores
A A A

O Facebook anda perdendo espaço na hora de informar as pessoas. Uma pesquisa feita pelo Instituto Reuters, em parceria com a Universidade de Oxford, mostra que o número de pessoas que afirma usar o WhatsApp na hora de se informar tem crescido nos últimos meses. O estudo foi realizado com mais de 71 mil pessoas de 36 países e revela que menos da metade delas (47%) aponta a rede social como sua principal plataforma de informação.

Ainda que alto, o percentual é metade do que foi obtido em outras pesquisas. 15% dos entrevistados relataram que usam o WhatsApp, onde as notícias são enviadas em grupos ou por amigos. "O número representa um salto significativo em relação ao ano passado", explicam os pesquisadores.

Vinte e quatro por cento das pessoas acreditam que as redes sociais cumprem bem o papel de distinguir notícias reais de falsas. O valor é baixo, mas, questionadas em relação aos meios de comunicação comuns, 40% das pessoas afirmaram confiar neles para o mesmo propósito. Como mostra a CNET, 30% dos participantes do estudo confessaram que ficam longe de qualquer notícia para evitar as falsas.

Nos últimos meses, o Facebook foi duramente criticado por uma série de governos por ajudar a espalhar boatos e promover a desinformação de seus usuários. Em uma tentativa de reduzir o problema, Mark Zuckerberg, CEO e fundador da rede social, declarou "guerra" contra as notícias falsas, prometendo incluir uma série de recursos que ajudem o usuário a saber se a informação é confiável ou não.

Pesquisa Facebook Whatsapp
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você