MassengerKids

Falha no Facebook deixa crianças acessarem bate-papos não autorizados

Redação Olhar Digital 23/07/2019 10h29
Compartilhe com seus seguidores
A A A

O aplicativo Messenger Kids estava permitindo que crianças fossem adicionadas a conversas com estranhos

O aplicativo Messenger Kids do Facebook é baseado em uma premissa simples: as crianças não devem poder conversar com usuários que não foram aprovados por seus pais. Mas uma falha de design permitiu que essa proteção fosse evitada através do sistema de bate-papo em grupo, e diversos usuários menores de 13 anos entraram em conversas com estranhos.


Apesar de não ter feito nenhuma declaração pública admitindo o problema, o Facebook silenciosamente fechou os bate-papos em grupo e alertou alguns usuários sobre o problema através de um comunicado que dizia:

“Olá [responsável]. Encontramos um erro técnico que permitiu que o [usuário] criasse um bate-papo em grupo com [criança] e um ou mais amigos. Queremos que você saiba que desativamos esse bate-papo em grupo e estamos garantindo que conversas como essa não serão permitidas no futuro. Se você tiver dúvidas sobre o Messenger Kids e a segurança on-line, visite nossa Central de Ajuda e o controle dos pais do Messenger Kids. Nós também apreciamos o seu feedback”.

O Facebook confirmou ao The Verge que a mensagem era autêntica e disse que o alerta foi enviado para milhares de usuários nos últimos dias. "Recentemente notificamos alguns pais de usuários da conta do Messenger Kids sobre um erro técnico que detectamos que afetou um pequeno número de conversas em grupo", disse um representante do Facebook. “Nós desativamos as conversas afetadas e fornecemos aos pais recursos adicionais no Messenger Kids e na segurança online.”

Não está claro por quanto tempo o bug estava presente no aplicativo, que foi lançado em dezembro de 2017. Em um chat padrão, as crianças só podem iniciar conversas com usuários que foram aprovados pelos pais. Mas essas permissões se tornaram mais complexas quando aplicadas a um bate-papo em grupo por causa dos vários usuários envolvidos. Qualquer usuário poderia convidar um perfil que estivesse autorizado a conversar com ele, mesmo que esse não fosse autorizado a bater papo com as outras crianças do grupo.

Alguns grupos defensores da privacidade já acusaram o Messenger Kids de violar o COPPA (Children's Online Privacy Protection Act), regulamentação norte-americana que visa proteger a privacidade infantil na internet, ao coletar dados de usuários, e essa última falha de privacidade só aumenta as preocupações. 

Via: The Verge


Facebook Messenger crianças falha de privacidade
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você