Falhas permitem hackear Windows apenas clicando em links maliciosos

A Microsoft liberou uma atualização de segurança do Patch Tuesday que corrige diversas vulnerabilidades críticas do Windows e outros produtos da empresa, sendo que cinco delas permitiam que o computador fosse hackeado apenas clicando em um link ou abrindo um site malicioso.

Conforme relata o The Hacker News, as falhas no Windows Graphics Component afetam as versões do Windows 10, 8.1, RT 8.1 e 7, além do Windows Server 2008, 2012 e 2016. Para acessar e controlar a máquina, basta o cibercriminoso levar o usuário a abrir um arquivo ou um site criado para o roubo de dados para conseguir invadir o sistema através da web.

O Windows Microsoft Graphics também é afetado por uma vulnerabilidade de negação de serviço que permite ao invasor fazer com que o sistema pare de responder os comandos.

A empresa também divulgou detalhes de outra vulnerabilidade crítica do Windows VBScript Engine e que afeta todas as versões do Windows. A atualização ainda corrige várias vulnerabilidades de execução remota nos programas Office e Excel, falhas no Adobe Flash Player, entre outras.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ