Frustração de jogadores com 'Super Mario Run' derruba ações da Nintendo

De muito aguardado a dor de cabeça. É essa a história recente de “Super Mario Run”. Aliás, uma história conhecida pela Nintendo, já que a empresa passou por um ciclo semelhante com “Pokémon Go”, que rapidamente conquistou uma legião de fãs, mas perdeu tração e hoje luta para se manter relevante.

As avaliações sobre a primeira aventura do encanador em smartphones começaram a sair, e elas são tão ruins que derrubaram as ações da Nintendo em 7,1% na última segunda-feira, 19, conforme reporta o Wall Street Journal. No acumulado dos últimos cinco dias, a queda já passa dos 16%.

Uma das principais queixas se dá pelo fato de que é preciso pagar US$ 10 (R$ 33,62) para ter “Super Mario Run” completo, sendo que a versão gratuita conta com apenas uma amostra que leva cinco minutos para ser concluída. Mas mesmo quem pagou pelo jogo está reclamando, já que o investimento não traz como retorno um título que prende a pessoa por dias.

Essas coisas deram ao jogo uma média de 2,12 estrelas, segundo levantamento da Mobile Action repercutido pelo Recode. De 71,9 mil avaliações analisadas, 40,7 mil pessoas deram apenas uma estrela e 9,8 mil, duas estrelas. Mesmo que outras 12,3 mil tenham dado cinco estrelas, a insatisfação tem falado mais alto.

Celular, fone de ouvido, notebook. A BlackFriday está recheada de ofertas, mas nem todas são vantajosas. Com a nova extensão do Olhar Digital, você encontra o menor preço e também cupons de descontos. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ