Fundador do Napster quer inovar indústria do cinema

Sean Parker, fundador do Napster, informou que está envolvido em um projeto que pretende alterar drasticamente a indústria do cinema. Chamado de Screening Room, o projeto planeja a criação de um set-top box antipirataria para exibir, por streaming, os filmes em cartaz nos cinemas mediante o pagamento de uma taxa pré-determinada.

A ideia é permitir que o público assista aos lançamentos do cinema diretamente de casa na data de estreia nas telonas. Para isso, seria necessário adquirir uma caixa especial por US$ 150, que daria uma espécie de licença para ver os filmes dentro de 48 horas pelo preço de US$ 50 cada, com exibição ilimitada neste período.

Apesar de a taxa parecer inacessível, vale lembrar que o preço médio do ingresso para o cinema nos Estados Unidos é US$ 10. Ou seja, reunir a família e os amigos para assistir aos lançamentos poderia justificar o investimento no projeto - isso sem contabilizar despesas extras como transporte, estacionamento e outros custos envolvidos na ida ao cinema.

De acordo com a revista Variety, o Screening Room ainda está em fase de pesquisa. O avanço da ideia depende de muitas coisas, entre elas a definição do valor que seria repassado às produtoras donas dos direitos de transmissão. Algumas delas já teriam demonstrado interesse em embarcar na empreitada.

Via TorrentFreak.  

Compras para o Natal? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ