Galaxy Note reciclado não será vendido no Brasil

Consumidores brasileiros que tinham esperança de botar as mãos em uma unidade do Galaxy Note Fan Edition ficarão tristes com essa notícia, mas a Samsung confirmou ao Olhar Digital que não vai comercializar o smartphone no Brasil.

O modelo foi colocado à venda na sexta-feira passada, 7, na Coreia do Sul. Desde então, o mercado vem fermentando rumores sobre lançamentos em outros países, mas, se isso de fato acontecer, o Brasil ficará de fora.

A Samsung aproveitou o contato com o Olhar Digital para informar que esse celular não foi montado com peças dos Note 7 devolvidos durante os processos de recall. "É um dispositivo totalmente novo que foi redesenhado com componentes não utilizados de dispositivos Note 7 armazenados no inventário", esclarece.

Isso também pode explicar o porquê de um lançamento tão tímido. Cerca de 3 milhões de Galaxy Note 7 foram recolhidos por causa das baterias defeituosas (que poderiam causar explosões), mas a empresa botou apenas 400 mil unidades do Note Fan Edition nas lojas cul-coreanas.

Reprodução

O dispositivo se difere do Note 7 por possuir uma bateria mais humilde — de 3.200 mAh contra 3.500 mAh do anterior — e acesso à assistente Bixby. Também houve uma repaginada em termos de design, sendo que o logo da Samsung foi removido da área frontal e, na parte de trás, o nome do aparelho ganhou a inscrição "Fan Edition".

De resto, tudo permanece igual: processador Snapdragon 821, 4 GB de RAM, 64 GB para armazenamento, Android Nougat, tela AMOLED de 5,7 polegadas, câmera principal de 12 MP, scanner de íris, resistência a água IP68, USB-C. Na caixa, a Samsung incluiu uma caneta S Pen Plus e uma capinha.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ