Galaxy S9+ versus iPhone X: compare os principais smartphones do momento

Neste domingo, 25, a Samsung oficializou seus dois primeiros grandes lançamentos do ano: o Galaxy S9 e o Galaxy S9+. Os smartphones chegam para ocupar a faixa top de linha do mercado e liderar a indústria de dispositivos móveis com Android.

É inevitável, porém, comparar os lançamentos da Samsung com os produtos da principal concorrente, a Apple. Com a nova geração do Galaxy S, a coreana bate de frente com o iPhone X, mais moderno celular da rival norte-americana.

Pensando nisso, resolvemos comparar a versão mais potente do S9, o S9+, com o iPhone mais poderoso, o iPhone X. Confira abaixo o que cada celular promete e como eles se saem, pelo menos no papel, quando colocados cara a cara.

Ficha técnica: Galaxy S9+

Tela: 6,2 polegadas Super AMOLED, 2.960 x 1.440 pixels, 529 pixels por polegada
Processador: Snapdragon 845 (EUA), 2.8 GHz / Exynos 9810 (Internacional), 2.9 GHz
RAM: 6 GB
Armazenamento: 64 GB / 128 GB / 256 GB
MicroSD: Sim, até 400 GB
Câmera traseira: 12 MP + 12 MP, f/1.5 ~ f/2.4
Câmera frontal: 8 MP, f/1.7
Bateria: 3.500 mAh
Resistência à água: Sim, IP68

Ficha técnica: iPhone X

Tela: 5,8 polegadas OLED, 2.436 x 1.125 pixels, 458 pixels por polegadas
Processador: A11 Bionic, 2.4 GHz
RAM: 3 GB
Armazenamento: 64 GB / 256 GB
MicroSD: Não
Câmera traseira: 12 MP + 12 MP, f/1.8 + f/2.4
Câmera frontal: 7 MP, f/2.2
Bateria: 2.716 mAh
Resistência à água: Sim, IP67

O Galaxy S9+ e o iPhone X são bem diferentes entre si em termos de arquitetura, design e detalhes do hardware. Por isso, uma simples olhada nos números da ficha técnica pode não ser suficiente para traduzir a real diferença entre os dois.

Isto porque cada hardware é desenhado de um jeito, cada um lida com suas funções e interage com os demais componentes do celular da sua própria maneira. O processador A11 Bionic, do iPhone, por exemplo, é feito para o iOS e para os apps feitos para iOS. O Exynos, do Galaxy, é feito para o Android customizado da Samsung e para os apps de Android.

O mesmo vale para a bateria e a memória RAM. Mesmo com 6 GB, o Galaxy S9+ pode não ser mais rápido que o iPhone X, que tem 3 GB de RAM, porque cada celular lida com esse tipo de memória de um jeito diferente. Cada um gasta energia de um jeito diferente também, de modo que o número de miliamperes-hora não é suficiente para dizer se uma bateria dura mais ou menos.

No papel, porém, a vantagem em números do S9+ é clara. Mais bateria, mais RAM, mais memória interna, processador com clock mais rápido, tela maior e com maior resolução, além de maior proteção contra água. No entanto, também se sabe que números não significam tudo; existem fatores como otimização de sistema operacional que fazem toda a diferença em relação a capacidade de um celular e a percepção de velocidade ao usuário final.

O que dá para dizer com certeza é que os dois smartphones são plenamente capazes de rodar praticamente qualquer aplicativo disponível oficialmente em suas lojas oficiais, com pouco ou nenhum risco de travamentos e engasgos.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ