Gears Tatics: jogo da franquia Gears of Wars acerta em novo gênero

Gears Tatics não é um jogo perfeito, mas consegue trazer estratégia e ação na medida certa para seus jogadores. Confira nossa análise!

Alvaro Scola 28/04/2020 16h50
Gears Tatics
A A A

Gears of War é uma franquia de jogos que ficou bastante conhecida por seus títulos de ação, sendo que o primeiro deles foi lançado ainda em 2006 para PCs e Xbox 360. Por sua vez, no ano passado, houve o lançamento do Gears 5, que impressionou por seus gráficos e jogabilidade refinada.


Já o mais recente título da franquia aposta em outro estilo e adota o gênero de combate por turnos, oferecendo assim o estratégico Gears Tatics. O Olhar Digital teve a chance de analisar o jogo em sua versão para PCs e lhe conta a seguir o que achou dele. Confira!

História

A história de Gears Tatics se passa antes dos acontecimentos do primeiro jogo com o Gabriel Diaz como protagonista, que por sinal, acaba sendo o pai de Kate Diaz, uma personagem vista no primeiro título da franquia. Logo no começo do jogo, Gabriel é um ex-gear (soldados do jogo) e está trabalhando apenas como um mecânico devido a não concordar com as atitudes do governo e o que aconteceu em suas missões.

Reprodução

Entretanto, tudo isto muda quando Sid, outro gear, aparece e traz uma ordem do presidente para Gabriel ajudar a retomar um documento importante para ele. Assim, esse é o pretexto do jogo para que Gabriel Diaz comande um time de Gears contra o Ukkon, um locust (raça do jogo) que está criando monstros para destruir cidades.

Apesar de parecer um pouco clichê, a história de Gears Tatics consegue te prender a atenção com poucos minutos de jogo,mas ela se estende um pouco além da conta. Já para contar todos os detalhes dela, o Gears Tatics oferece dois tipos de missões: as principais e as paralelas. Enquanto as missões principais contam com as animações interessantes e o enredo, as paralelas pouco adicionam a história do jogo e acabam servindo mais para você recuperar caixas (explicaremos mais adiante) e tropas para o seu exército ser fortalecido, mas também são obrigatórias.

De forma geral, o Gears Tatics consegue oferecer uma boa história principal, que tem direito até a certas reviravoltas, mas não abordaremos os detalhes aqui para não estragar a sua experiência. O jogo leva um pouco mais de 30 horas para ser finalizado e, apesar de empolgar no começo, os seus últimos capítulos “principais” desandam um pouco e trazem missões desnecessárias, que não acrescentam detalhes relevantes a história e te obrigam a jogar mais missões paralelas, que neste ponto já são repetitivas e não podem ser puladas.

Os combates e a mecânica de jogo

Logo que você pensa em Gears of Wars, a primeira coisa que lhe deve vir a mente são combates cheios de ação e com uma movimentação intensa, além de muita violência na sua tela. Bem, Gears Tatics até traz bastante violência e ação, mas como foi dito no começo do texto, ele é um jogo de combate por turnos e acaba sendo mais cadenciado por isso, o que se mostra um ponto bem positivo.

Reprodução

Se você já jogou X-Com ou algum título mais recente da série Shadowrun, é bem provável que a sua adaptação a este título seja bem rápida. Pessoalmente, como fazia bastante tempo que eu não jogava um game deste gênero, acabei jogando-o na dificuldade intermediário, que me trouxe missões agradáveis de serem completadas e chefes com um bom nível de desafio, onde tive que repetir algumas batalhas para vencê-los.

Para controlar a sua equipe em Gears Tatics, você possui um número de pontos de ações para cada personagem, que geralmente são 3, mas podem variar de acordo com a árvore de perícias (falaremos disto adiante) deles. Com esses pontos de ações, você dará comandos para as suas tropas atacarem, defenderem, curarem aliados e se movimentarem.

Aqui, cada movimento acaba sendo bem importante e a todo momento, você precisará julgar o que é o mais certo a se fazer. Por exemplo, a função de patrulha é essencial para prosseguir no jogo, já que com ela, você faz uma unidade sua ficar de olho na movimentação inimiga para atirar quando necessário, o que pode fazer ela perder a ação e você não levar dano no turno seguinte. Mas se você estiver confiante no dano de sua unidade ou na mira dele, fica a seu critério arriscar ou não um tiro.

Reprodução

Apesar de muitos jogos do tipo tático serem um pouco “travados”, algo positivo a ser destacado no Gears Tatics, é que diferente do X-Com, por exemplo, a sua movimentação pelo cenário é um pouco mais livre e você não fica limitado a “grades”. Ainda assim, se movimentar para o lugar correto e obter cobertura é essencial para que os seus personagens consigam mirar o inimigo sem se expor, sendo que você tem uma porcentagem de acerto para cada tiro.

Os personagens, aliás, assim como em outros jogos de estratégia ou até em RPGs também possuem classes e é importante você saber balancear o seu elenco. Por exemplo, o seu suporte tem mais habilidades de cura e a sua granada é justamente para isso, ou seja, nada de atacar os seus inimigos com ela, apesar de ele poder atirar neles com sua arma comum. Já os personagens da classe batedor possuem mais dano e um “range” menor, mas trazem as “verdadeiras” granadas explosivas. Assim, antes de partir para uma batalha, você define quais personagens integrarão o seu time e é sempre bom ter uma variedade por aqui.

Ainda em relação aos personagens, todos eles possuem uma árvore de perícias, que assim como em RPGs, você pode definir quais habilidades são mais importantes para eles. Por exemplo, nas classes peso pesado eu investi bastante em dano crítico, enquanto nos suportes, eu foquei nas habilidades de regeneração de vida e de reviver aliados.

Reprodução

Algo em que também é necessário prestar atenção na hora dos combates é na classe dos inimigos, que também varia e muda bastante as ações que você tomará. Por exemplo, o jogo traz boomers que lançam granadas, snipers que impedem os seus movimentos e até uma classe que dá buff para todos seus inimigos. Nesse último, é claro, você gostará de eliminar ele antes de todo mundo para deixar a sua vida mais fácil.

Apesar de ter uma boa variedade de inimigos, algo que pessoalmente achei um tanto difícil foi em identificar alguns deles no mapa, devido a sua aparência em grande parte ser bem parecida. O jogo até conta com comandos para você rotacionar ou andar pelo mapa com a câmera, mas eles nem sempre funcionam como o esperado.

Além da árvore de perícias e classe dos seus personagens, no jogo você também toma conta dos equipamentos que cada gear estará carregando, inclusive, é possível até mudar a cor do uniforme deles se assim desejar. Novos equipamentos são obtidos através de caixas, que são iguais ao loot boxes, mas calma, você não paga nada para ter acesso a elas, já que as mesmas são pegas no campo de batalha ou por cumprir algum objetivo de uma missão.

Reprodução

Preço e disponibilidade

O Gears Tatics foi lançado para PC na loja do Windows 10 (Microsoft Store) e na Steam por R$169,00, também sendo disponibilizado para quem tem o Game Pass Ultimate de PC. O jogo será lançado para o Xbox One posteriormente, mas ainda não tem a sua data de lançamento definida.

Conclusão

De forma geral, eu pessoalmente gostei bastante do Gears Tatics, que apesar de trazer uma história simples, acaba te prendendo a atenção. É verdade que a história poderia acabar mais cedo e alguns capítulos são desnecessários, mas é compreensível que eles queiram oferecer mais horas de jogo para seus jogadores.

Já em relação as mecânicas de combate, eu devo admitir que também fiquei bem entretido com elas, principalmente pelo fato de o jogo não ser tão punitivo com você. Assim, se acabar morrendo durante uma missão, sem problemas, você volta ao checkpoint e pensa no que fará para voltar a vencer.

No quesito gráfico, o Gears Tatics oferece cenários bem bonitos e até mesmo variados, mas as suas texturas não são tão bem trabalhadas, o que pode ser notado principalmente nas animações da história, mas esse ponto pode ser relevado para um jogo de estratégia. Aqui, vale notar, sendo testado em um i5 de nona geração com 16 GB de memória RAM e uma GTX 1060, o jogo rodou em Full HD com uma taxa de quadros estável sempre perto de 60.

Gears Tatics é um ótimo título, que aposta em um gênero diferente e deve entreter os fãs dele e da série Gears of Wars por um bom tempo, mas precisa refinar alguns poucos detalhes para ficar ainda melhor.


Microsoft review Estratégia jogos reviews Gears jogo
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!

Recomendados pra você