Google acaba com os aplicativos para o Chrome; entenda a mudança

O Google bateu o martelo e baniu definitivamente os aplicativos desenvolvidos especificamente para seu navegador. A empresa fechou a seção de apps e jogos da Chrome Web Store, de modo que não será mais possível baixar nenhum conteúdo do tipo a partir de agora.

Antes de tudo, é importante observar que as extensões distribuídas pela loja ainda continuam funcionando e sendo distribuídas normalmente. São apenas os apps que estão em processo de remoção, com desenvolvedores receberam o aviso de que seus aplicativos não podem mais ser distribuídos. Quem tiver algum app instalado no Chrome ainda poderá continuar usando por enquanto, mas a funcionalidade será removida do navegador definitivamente a partir do primeiro trimestre de 2018.

O Google já havia deixado claro suas intenções de remover o recurso do Chrome há mais de um ano, como nota o site Ars Technica. O motivo é simples: menos de 1% dos usuários aproveitava a função no Windows, Mac e Linux, o que motivou o cancelamento. Os únicos usuários que se aproveitavam do recurso eram os do Chrome OS, e eles continuarão tendo acesso aos apps indefinidamente.

A empresa pretende substituir os aplicativos do Chrome por outro conceito: os aplicativos progressivos para a web (conhecidos pela sigla PWA), que nada mais são que sites com funções de apps, como notificações e algumas capacidades off-line, que podem ser “instalados” em um dispositivo. Eles já deram as caras no Chrome para Android e poderão migrar para os desktops.

Uma particularidade, porém, é que os PWAs não são exclusivos para o Chrome, mas são um recurso que utiliza uma série de padrões web para funcionar como um aplicativo mais convencional, o que permite que eles funcionassem também em outros navegadores.

Compras para o Natal? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ