Sundar Pichai

Google aposta em hardware mais forte no quarto trimestre

Fabrício Filho, editado por Cesar Schaeffer 29/10/2019 16h32
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Sundar Pichai, CEO da empresa, destacou o impulso de hardware da empresa feito no terceiro trimestre de 2019, mas espera que o último trimestre do ano seja ainda melhor

O CEO do Google, Sundar Pichai, elogiou em uma teleconferência de resultados um impulso do hardware "Made by Google" feito durante o terceiro trimestre deste ano. As consequências vieram a partir da combinação do trabalho em software, hardware e inteligência artificial, de acordo com o executivo. 


"Nossa terceira geração é ainda a nossa melhor", disse Pichai, referindo-se à linha de smartphones Pixel 3, Google Home Hub e tablet Pixel Slate. Ele observou que o Google Assistente, o Android e o Chrome contribuíram para o "impulso real" de seus esforços de hardware. O CEO também afirmou que os números diários de usuários ativos em seu kit do Home aumentaram mais de cinco vezes no ano até o final de setembro.

Outro ponto positivo do fim do trimestre se deve ao fato do Google Assistente "poder compreender 20 idiomas em 76 países e entender e falar mais de um idioma por vez”. O período também viu o lançamento do primeiro conjunto de displays inteligentes em parceria com a Lenovo e a JBL, e do Google Home Hub, primeiro alto-falante da empresa. 

Durante a teleconferência, Pichai citou uma parceria relacionada ao aplicativo com a Unity Technologies como uma vitória importante, o que, segundo ele, "oferece aos anunciantes acesso a uma das maiores redes globais de títulos de jogos para dispositivos móveis em 1,5 bilhão de dispositivos".

Números

No entanto, o entusiasmo de Pichai em relação ao hardware não se refletiu nos ganhos da empresa. O CFO, Ruth Porat, disse que o setor era "apenas um colaborador modesto durante o trimestre", com a maioria dos lançamentos configurando o Google para o principal período de vendas de festas durante o quarto trimestre.

"Em termos de crescimento do dólar, os resultados foram liderados novamente pela pesquisa para celular, com uma forte contribuição do YouTube, seguida pela pesquisa para computador", explicou Porat.

O lucro líquido da Alphabet caiu de US$ 9,19 bilhões no terceiro trimestre de 2018 para US$ 7,07 bilhões no atual período, embora a receita tenha aumentado de US$ 33,7 bilhões para US$ 40,5 bilhões.

Via: Mobile World Live

 

Google Software Hardware Inteligência Artificial Pixel 3
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você