Google pode publicar 'lista da vergonha' para forçar updates do Android

Um novo esforço do Google pode ajudar a reduzir a fragmentação do Android, incentivando empresas a atualizarem seus dispositivos mais rapidamente e de uma forma mais inclusiva. Uma das maneiras menos ortodoxas previstas em uma matéria da Bloomberg inclui uma “lista da vergonha”.

Depois que o Android cai nas mãos de uma fabricante, o Google tem pouquíssimo poder sobre o software, ficando nas mãos de quem fez o aparelho decidir quais aparelhos são atualizados, e quando isso vai acontecer. Normalmente, as companhias privilegiam seus modelos mais novos e mais caros, esquecendo a maior parte do público que está nas faixas mais acessíveis de preço.

Assim, a empresa estuda a publicação de uma lista que criaria um ranking que indicaria quais fabricantes são mais eficientes em atualizar seus aparelhos. A ideia é incentivar uma competição entre as empresas para figurar melhor no ranking e evitar uma colocação ruim. Se a lista se popularizar, as empresas com pior cotação podem perder clientes, estimulando uma concorrência.

Claro que seria necessário que a lista alcançasse o grande público, que raramente liga para estas informações mais técnicas na hora de comprar um novo produto. Um projeto como esse iria requerer ampla divulgação e a informação teria que ser facilmente acessível para que ela possa causar o impacto desejado, de forçar fabricantes e operadoras a rever suas estratégias para ganhar a confiança do cliente novamente.

No entanto, a publicação original não fala em quando o Google irá tirar o projeto do papel, e pode ser que isso nunca aconteça, que se trate de mais um daqueles projetos que nunca vê a luz do dia.

Via VentureBeat e Bloomberg

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ