Governo pede explicações a Microsoft sobre vazamento de dados

Falha no suporte ao cliente da empresa teria exposto 250 milhões de dados de usuários

Victor Pinheiro, editado por Liliane Nakagawa 27/01/2020 21h01
Microsoft
A A A

O Ministério da Justiça, por meio da Secretaria Nacional do Consumidor, cobrou explicações da Microsoft sobre vazamento que expôs 250 milhões dados do setor de suporte ao cliente da empresa.


O órgão determinou o prazo de dez dias para a companhia explicar se o banco de dados possui informações de clientes do Brasil, se elas foram acessadas e como ela presta informações a seus clientes sobre o ocorrido.

Endereços de e-mail, endereços de IP, dados de localização, números de protocolo e notas internas confidenciais podem estar entre as informações vazadas. 

A falha de segurança, detectada no final do ano passado, foi identificada por uma companhia especializada em segurança. No entanto, a Microsoft só confirmou o episódio na última quarta-feira (22), afirmando que todas as falhas foram rapidamente corrigidas. 

Segundo a empresa, a maioria dos dados não continham informações pessoais e que não identificou nenhum tipo de acesso indevido. A Microsoft já começou a notificar os clientes que tiveram seus dados expostos.

Fonte: G1
Microsoft Banco de Dados vazamento vazamento de dados Dados segurança cibernética vazamentos
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar a extensão Olhar Digital Ofertas em seu navegador!

Recomendados pra você