pirataria

Grupos dos EUA temem que o 5G aumente a pirataria na África do Sul

Renato Mota 17/02/2020 16h02
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Aliança de defesa dos direitos autorais da indústria norte-americana pediu que o Escritório do Representante de Comércio dos EUA considere sanções ao país africano

A África do Sul está na mira dos principais grupos de direitos autorais dos Estados Unidos, que não estão satisfeitos com a posição do país em relação a questões críticas de pirataria – especialmente frente a chegada do 5G, que promete velocidades de download muito maiores.


A International Intellectual Property Alliance (IIPA), que representa a Motion Picture Association of America (MPAA), a Recording Industry Association of America (RIAA) e outros grupos da indústria do entretenimento, veem a África do Sul como uma grande ameaça. O grupo recomenda colocar o país na lista de observação prioritária do representante comercial dos EUA.

Entre outras coisas, está a preocupação que a implementação de 4G e 5G no país possa aumentar a pirataria. O grupo está preocupado ainda com o fato de a nova lei de direitos autorais proposta pelo país ser muito flexível quando se trata de “fair use” – um uso moderado de propriedade intelectual de terceiros.

Em seu relatório de recomendações para 2020, o IIPA classificou a África do Sul entre os piores criminosos, pedindo ao Escritório do Representante de Comércio dos EUA para colocá-lo na Lista de Observação Prioritária. O órgão ainda cobra do governo sul-africano uma resposta do à ameaça de pirataria online.

“A pirataria online continua a crescer na África do Sul. O crescimento das velocidades de largura de banda, juntamente com os controles relaxados sobre o abuso em redes corporativas e universitárias impulsionam essa pirataria”, escreve o IIPA. A aliança sugere bloqueio e o desligamento de sites, o que pode exigir a atualização da legislação local.

Esta é uma sugestão bastante única. O relatório completo da IIPA lista mais de uma dúzia de países e abrange 220 páginas, mas 4G e 5G são mencionados apenas em relação à África do Sul. O Brasil é citado numa lista de observação, mas ações da Polícia Federal e do Ministério Público para o combate à pirataria (online e offline) são elogiadas.

Via: TorrentFreak

Pirataria EUA direitos autorais África
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você