Hackers fazem software da câmera do Google Pixel funcionar em outros celulares

O Pixel começou a ser vendido no ano passado como o primeiro smartphone feito inteiramente pelo Google. Um dos destaques do aparelho é sua câmera, que, quando chegou ao mercado, tinha a maior nota no ranking de câmeras do DxOMark.

Em termos de hardware, a câmera do Pixel não tinha nada realmente impressionante, mas o software sempre foi seu principal trunfo. O sistema de pós-processamento de imagens do aplicativo, chamado pelo Google de HDR+, faz com que o Pixel tire imagens com altíssimo alcance dinâmico e resultados impressionantes.

Para quem nunca teve a chance de colocar as mãos em um Pixel, porém, a câmera do aparelho parecia inalcançável... até agora. Um desenvolvedor e hacker ucraniano, que atende pelo codinome B-S-G, conseguiu portar o app de câmera do celular do Google para outros dispositivos, como relata o site The Verge.

O app modificado traz o mesmo sistema de pós-processamento do Pixel, o HDR+, para qualquer celular que use os processadores Snapdragon 820, 821 ou 835. Ou seja, em tese, o software de câmera do Google pode ser usado em aparelhos como o LG G6, o OnePlus 5 e o Galaxy S8 (versão vendida nos EUA), entre outros dispositivos.

De acordo com o teste feito pelo site XDA Developers, não há malware no app criado pelo hacker, mas o uso do aplicativo não significa que as fotos feitas com um OnePlus 3, por exemplo, ficarão iguais às do Pixel. Apenas o equilíbrio entre as áreas escuras e claras das imagens deve ficar melhor, graças ao HDR+.

Se você tem um smartphone com um dos processadores citados acima, é possível baixar o APK da câmera modificada do Pixel aqui. Vale lembrar que é possível também baixar o app oficial de câmera do Google pelo Google Play, mas esta versão do software não vem com o HDR+.

Compras para o Natal? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ