Hollywood está preocupada com possível monopólio da Netflix

A Netflix continua preocupando os principais estúdios de Hollywood e canais de televisão por assinatura. A empresa, que investe cerca de US$ 6 bilhões por ano em conteúdo, tem atraído cada vez mais clientes e produzido mais do que qualquer canal de TV, o que, para alguns executivos do setor, pode trazer um monopólio da companhia no futuro.

"Acredito que seria ruim para os contadores de histórias, em geral, se uma empresa obtiver uma participação de 40%, 50%, 60% no setor", afirmou John Landgraf, presidente da FX Networks, em um encontro de críticos de televisão. O temor é que o serviço de streaming se torne tão poderoso que poderá impor aos produtores de conteúdo as taxas que desejar.

De acordo com executivos de empresas concorrentes, a Netflix tem sofrido críticas por conta de seus produtores por não oferecer estatísticas sobre a audiência dos programas. "Não existem métricas, então a recompensa para o sucesso não é elaborada em um acordo", afirmam.

Estúdios otimistas esperam que a empresa desacelere seu crescimento, em uma combinação de fatores. O serviço de streaming, no entanto, não parece querer reduzir sua participação. No início do ano, a Nextflix anunciou que lançaria 30 séries originais e 600 horas de conteúdo aos assinantes.

Via TheNextWeb

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ