Huawei P20 Pro: celular 'mais rápido do mundo' é elogiado em primeiras análises

P20 Pro é o nome do mais novo smartphone da marca chinesa Huawei. Com três câmeras traseiras, o aparelho tomou a liderança no ranking do DxOMark de melhores câmeras de celular do mundo; e há análises de desempemho que indicam que ele é o celular mais poderoso do mundo no momento.

Nesta semana, a imprensa internacional começou a publicar os primeiros reviews do P20 Pro. E a maioria deles é só elogios ao novo smartphone da Huawei. A começar por Vlad Savov, do The Verge, que disse que este é "um dos dispositivos mais importantes que vemos no mundo mobile em anos".

A análise do The Verge destaca, como principais pontos positivos, a duração da bateria ("épica", segundo Savov), o "adorável e sofisticado" design, o "excepcional" sistema de câmera tripla e a tela de alta qualidade. Uma tendência que se repete em outros reviews.

O design do P20 Pro, por exemplo, é resumido em uma palavra por Andrew Williams, do site inglês TechRadar: "brilhante". Segundo ele, a cor "crepúsculo", que faz um gradiante de azul e lilás na traseira de vidro do smartphone, é do tipo que "você encontra mais facilmente em um supercarro do que num celular".

Reprodução

Se a parte traseira chama a atenção pela sofisticação, a parte da frente divide opiniões. O P20 Pro vem com o famoso "notch", aquele recorte no topo da tela que se popularizou graças ao iPhone X. Para Alex Dobie, do Android Central, esta "não é uma coisa boa e nem ruim: está lá e eu consigo lidar com isso".

As análises lembram que o notch pode ser disfarçado nas configurações do aparelho, colocando uma barra preta no topo da tela onde ficam os ícones de status. Porém, a maioria das análises ressalta que, assim como a "franja" de outros celulares, incluindo o iPhone X, esta também passa despercebida no dia a dia.

Reprodução

Já a premiada câmera tripla do P20 Pro, na opinião de Josh Levenson, do Trusted Reviews, é "o sonho de qualquer fotógrafo". O aparelho vem com uma câmera principal de 40 MP acompanhada de um sensor monocromático de 20 MP e uma lente telefoto de 8 MP que permite zoom de três vezes.

"Fotos tiradas tanto na luz do dia quanto à noite são nítidas e cheias de detalhe. O mesmo pode ser dito da câmera frontal de 24 MP. Vídeo, por outro lado, não é tão bom", avalia Levenson. "Após ter usado o Galaxy S9+ e o P20 Pro, eu diria que o último é melhor. É bem mais confiável em ambientes de pouca luz, e as imagens que ele produz em condições bem iluminadas são insuperáveis."

Veja fotos tiradas com o P20 Pro:

Reprodução

Reprodução

Reprodução

Reprodução

Bateria e performance foram bem elogiados também por Ben Sin, da Forbes. Em seu review, o jornalista afirma que o processador Kirin 970 do P20 Pro "manda bem". "É menos poderoso do que o Snapdragon 845 em benchmarks, mas nada que você poderia notar no dia a dia, a não ser na edição de vídeos em 4K. Os 6 GB de RAM ajudam."

Andy Boxall, do Digital Trends, é categórico: a bateria de 4.000 mAh do P20 Pro dura dois dias de uso regular. "Nós fizemos dezenas de fotos, vários vídeos em câmera lenta, usamos apps de redes sociais e e-mail, conectamos o celular a um smartwatch Wear OS, e o P20 Pro felizmente durou das 8h da manhã de um dia até às 20h do dia seguinte, passando a noite em modo avião."

O review de Andy, como o de outros especialistas, só lamenta que a traseira de vidro, que acumula marcas de dedo, não serve para carregamento sem fio, como o Galaxy S9 e o iPhone X. E a entrada para fones de ouvido também faz falta. Mas a equipe do GSMArena conclui o seu review em acordo com outros sites, dizendo: o Huawei P20 Pro "move a indústria inteira em direção a novas alturas".

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ