Humanos podem acelerar o aprendizado de sistemas de inteligência artificial

As máquinas já são capazes de aprender a fazer muitas coisas sozinhas, mas, de vez em quando, uma "mãozinha" humana pode fazer a diferença. Pesquisadores do Google descobriram que a ajuda de pessoas pode fazer com que um sistema aprenda algo e fique até melhor do que seus "professores".

Como conta o Engadget, para testar a hipótese, chamada de "Inteligência Artificial Humanizada", eles convocaram pessoas com diferentes habilidades em jogos como "Pac-Man", "Space Invaders" e "Pinball" para jogar. Depois de 45 horas de partidas, o algoritmo foi capaz de vencer as pessoas.

A diferença, segundo os pesquisadores, é a redução no tempo gasto para aprender. "As abordagens atuais exigem milhões de amostras de treinamento. Uma maneira promissora de enfrentar esse problema é aumentar a aprendizagem com manifestações humanas", explica o Google.

A equipe revela que em jogos de estratégia ainda é preciso um esforço maior das máquinas, mas, usando o exemplo de jogadores profissionais, o trabalho pode ficar mais fácil.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ