Instagram bloqueia links para adicionar pessoas no Snapchat e Telegram

Atualizada às 11:45; ver abaixo

O Instagram passou a proibir usuários de divulgarem links que levam as pessoas a adicionarem ou seguirem automaticamente usuários no Snapchat e no Telegram. É a segunda vez que um serviço pertencente ao Facebook ataca o Telegram, pois também é impossível citar o nome do aplicativo de mensagens dentro do WhatsApp.

No caso do Instagram, o veto atinge os chamados deeplinks, aquelas URLs que levam especificamente aos perfis. E apenas Telegram e Snapchat foram afetados, por enquanto.

Curiosamente, a ação vem poucos dias após a divulgação de que o Snapchat alcançou o Facebook em número de visualizações de vídeos, batendo 8 bilhões de interações diárias.

Questionado pelo TechCrunch, o Instagram confirmou o bloqueio, mas não explicou seus critérios. As políticas do serviço informam que interações com outros aplicativos “podem” ser permitidas.

ATUALIZAÇÃO: Uma versão anterior dessa nota informava que o Instagram estava bloqueando todos os links para o Snapchat ou o Telegram. A nota foi alterada para corrigir essa informação. A assessoria de imprensa do Instagram no Brasil divulgou um posicionamento sobre o caso, que pode ser lido abaixo:

"Removemos o recurso que permitia incluir deep links de "add me" nos perfis do Instagram. Tratam-se de casos raros que vão contra o modo como funciona a nossa plataforma. Outros tipos de links e deep links continuam sendo permitidos."

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ