Instagram compras

Instagram testa versão beta de ferramenta de compras no aplicativo

Redação Olhar Digital 19/03/2019 18h00
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Recurso chama-se Checkout e está em fase de testes para usuários nos EUA. Já há 23 empresas disponíveis, entre elas Adidas, Nike e Dior

O Instagram deu mais um passo para a ampliação de seus recursos de negócios: uma ferramenta que permite que usuários façam compras pelo aplicativo. Chamada de Checkout, ela é diferente da atual opção "Comprar Agora", que redireciona as pessoas até o site da loja para finalizar o pagamento do produto selecionado.


A revelação foi feita em uma publicação no blog da empresa. Até o momento, o recurso está disponível para testes em uma versão beta fechada para algumas empresas e apenas para usuários dos EUA. Um total de 23 marcas inaugura o Checkout: são nomes como Adidas, Zara, Prada, Oscar de la Renta, Nike, Michael Kors, MAC Cosmetics, Kylie Cosmetics e Dior.

A iniciativa evidencia o investimento do Instagram em se tornar mais do que uma plataforma de compartilhamento de fotos. "O Checkout é apenas parte de um investimento de longo prazo em compras. Estamos empolgados em apresentar mais maneiras para que seja possível fazer compras no Instagram este ano", diz o comunicado. Com o Checkout, a empresa quer se consolidar como plataforma de transações financeiras.

Para comprar por meio do recurso, basta clicar em uma foto com produtos à venda. Etiquetas com preços aparecem na imagem e o usuário pode escolher tamanho, cor e outras caraterísticas do item que pretende adquirir. Depois, é só incluir as informações de pagamento no aplicativo (que as guarda para futuras aquisições).

Publicidade e parcerias

O Instagram já fatura com publicidade e, com o novo recurso, deve aumentar ainda mais sua receita. Segundo a Cnet, a empresa cobra uma taxa de venda das marcas que aderiram à ferramenta. O valor arrecadado deve ajudar a financiar o Checkout, bem como compensar os custos de processamento de cartão de crédito e outras despesas na fase de testes. O Instagram pode, ainda, usar o histórico de compras dos usuários para direcionar melhor as propagandas.

A empresa firmou parceria com o PayPal para processar pagamentos e armazenar informações pessoais em servidores seguros. De acordo com a companhia, ela não compartilha dados de pagamento (número de cartões de crédito e débito) entre usuários nem com vendedores.

Para ter sucesso, o Instagram precisa convencer as pessoas de que seus dados de pagamento estão seguros no aplicativo — o que é uma dificuldade para a empresa, considerando que ela é propriedade do Facebook, alvo constante de escândalos de privacidade. O Checkout vai ser oferecido para iPhone e Android, mas, por enquanto, não há previsão de chegada do recurso a outros países, como o Brasil.

Facebook privacidade instagram cibersegurança compras online
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você