Pesquisadores criam Internet 50 mil vezes mais rápida que a brasileira

Imagine fazer o download de todas as temporadas de seu seriado favorito em resolução HD em 1 ou 2 segundos? Isso é o que pesquisadores da University College, em Londres, tornaram possível ao criar uma rede com velocidade de transferência de 1.125 terabits por segundo, velocidade mais de 50 mil vezes maior do que a de planos de banda larga intitulados como "25 mega" oferecidos tradicionalmente por aqui.

Para isso, os cientistas utilizaram tecnologia de fibra ótica para a transmissão de dados. De acordo com os pesquisadores do projeto, esse foi o primeiro passo para que o envio de informações em velocidades cada vez mais rápidas se torne comum no futuro.

A engenharia por trás da façanha usou 15 canais e diversas técnicas de processamento para dividir os dados e poder modulá-los em diferentes frequências de luz que ocupam essas vias. Do outro lado dos canais, as vias foram fundidas em um “super canal” para que o receptor pudesse receber o gigantesco volume de informação transmitida.

Agora, os pesquisadores estão buscando desenvolver técnicas que possam facilitar a transmissão de dados em velocidades extremamente altas utilizando cabos de fibra ótima comuns. No entanto, o desafio é manter a conexão ativa por grandes períodos de tempo já que a perda de sinal é comum nesse tipo de equipamento.

A má notícia para os internautas que não veem a hora de desfrutar de conexões mais velozes é que o estudo ainda está em fase inicial e não há qualquer perspectiva de prazo para que esta tecnologia chegue aos lares de mundo todo. 

Via: Phys.org 

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ